Deutsche Telekom intensifica parceria com Huawei para o 5G

A Alemanha é um dos países que tem resistido aos pedidos dos Estados Unidos para excluir a gigantes tecnológica chinesa do desenvolvimento da quinta geração móvel da rede móvel (5G), por motivos de segurança.

Apesar da pressão norte-americana para que também empresas alemãs não recorram à tecnologia da Huawei, a empresa de telecomunicações Deutsche Telekom intensificou a parceria com a Huawei, de acordo com o jornal Handelsblatt, que cita documentos internos da operadora alemã.

A Alemanha é um dos países que tem resistido aos pedidos dos Estados Unidos para excluir a gigantes tecnológica chinesa do desenvolvimento da quinta geração móvel da rede móvel (5G), por motivos de segurança.

Segundo a Reuters, que cita o artigo do Handelsblatt, a Deutsche Telekom opera em 12 mercados europeus e depende muito de equipamentos e componentes da Huawei, enquanto fornecedora para a rede 5G, para a expansão da rede de banda larga bem como para serviços cloud (nuvem) e de televisão. Duas empresas do grupo germânico concordaram mesmo em confiar cada vez mais em redes que não contenham equipamentos norte-americanos para o desenvolvimento do 5G.

Fonte oficial da Deutsche Telekom, citada pela agência de notícias britânica, referiu que a relação entre a operadora alemã e a empresa chinesa nunca foi secreta e que ambas mantém uma relação estreita. Contudo, garantiu que não existe uma dependência especial da Huawei.

Recomendadas

EDP conclui venda à Total de duas centrais a gás e carteira comercial em Espanha

A EDP concluiu esta terça-feira a venda de um portefólio de ativos térmicos e clientes de comercialização de energia em Espanha à Total por um enterprise value de 480 milhões de euros.
Debenhams

Mais de dois séculos depois, retalhista britânica Debenhams fecha atividade

A cadeia retalhista britânica Debenhams vai encerrar todas as lojas no Reino Unido depois de 242 anos de atividade porque não se encontrou um comprador, pondo em risco 12 mil postos de trabalho.

Visitas ao site do JE disparam em novembro, com subida de 33% para 5,8 milhões

O número de utilizadores do site do Jornal Económico aumentou 30% em novembro, face a outubro, para um total de 2,7 milhões. Acessos móveis representaram 79% do total. Plataforma multimédia JE TV tem cada vez mais telespectadores. Obrigado pela sua preferência!
Comentários