Dezembro gerou mais de 300 mil empregos nos EUA

Foram criados 312 mil novos postos trabalho em dezembro, o que representa a maior subida do mercado de emprego norte-americano desde fevereiro de 2018. Por sua vez, os salários renumerados à hora cresceram ao ritmo mais acelerado desde 2009, subindo 3,2% em relação a dezembro de 2017.

Em dezembro foram criados cerca de 300 mil novos postos trabalhos nos Estados Unidos, enquanto os salários aumentaram a um ritmo acelerado, noticia o jornal britânico “Financial Times” (FT), citando os dados publicados pelo departamento do emprego norte-americano.

Foram criados 312 mil novos postos trabalho em dezembro, o que representa a maior subida do mercado de emprego norte-americano desde fevereiro de 2018. Os postos de trabalho apenas dizem respeito abrangem os chamados non-farm payrolls, isto é, incluem apenas os postos de trabalho destinados à produção de bens, construção e indústria de transformação.

Além disso, segundo o FT, os números superaram em 76% as expectativas de economistas que participaram num inquérito organizado pela Agência Reuters, que apontavam para a criação de 177 mil novos postos de trabalho. E, comparando com o mês de novembro, no último mês do ano passado foram criados mais 136 mil empregos.

Entre os setores de atividade, destaque para a indústria da saúde, onde foram criados mais 50 mil postos de trabalho, mas também o setor alimentar (comidas e bebidas), com mais 41 mil empregados. Os setores da construção e manufatura criaram, respetivamente, 38 mil e 32 mil postos de trabalho.

Em sentido inverso, a taxa de desemprego subiu 0,2 pontos percentuais face às expectativas e ascendeu aos 3,9 % em dezembro.

Por sua vez, os salários renumerados à hora cresceram ao ritmo mais acelerado desde 2009, subindo 3,2% em relação a dezembro de 2017.

 

Ler mais
Relacionadas

Salário mínimo na Madeira sobe para 615 euros

Este valor foi acordado na primeira reunião da Comissão Permanente de Concertação Social de 2019 da RAM que decorreu hoje e, de acordo com a secretária regional, representa um aumento de 3,9% em relação ao ano anterior.

Portugal tem mais de 30 mil vagas de emprego por preencher

A CGTP aponta que o aumento de número de empregos por preencher em cerca de 9% deve-se a “salários baixos e vínculos precários”.

Ter estudos é sinónimo de melhor salário em Portugal

Na OCDE, 68% dos adultos com ensino superior têm remuneração maior do que a mediana. Em Portugal, o número sobe para 80%.
Recomendadas

“Governo vê com bons olhos” fim do acordo entre a RTP e a FPF

Catarina Martins confrontou António Costa com o memorando entre FPF e RTP e o primeiro-ministro manifestou-se perplexo com a existência de tal acordo.

BES: Há 400 processos em Tribunal contra o Banco de Portugal

Corre ainda na Justiça o processo em que o banco BCP põe em causa o mecanismo de contingência pelo qual o Fundo de Resolução (que é financiado pelos bancos) recapitaliza o Novo Banco.

Costa sobre transportes públicos: “Estamos a vir do fundo dos infernos”

“Nós estamos a vir do fundo dos infernos relativamente ao sistema de transportes públicos”, disse o chefe de Governo durante o debate quinzenal, em resposta ao Partido Ecologista “Os Verdes”.
Comentários