Donald Trump diz ter botão nuclear “maior” que o de Kim Jong-un

Na sua mensagem de Ano Novo, Kim Jong-un afirmou que a capacidade atómica norte-coreana funciona como dissuasão para qualquer ataque dos Estados Unidos. A Coreia do Norte anunciou hoje que vai reabrir o canal de comunicações intercoreano.

O presidente dos Estados Unidos lembrou na terça-feira ao homólogo da Coreia do Norte que também ele tem um botão nuclear só que “maior e mais poderoso”.

“O líder norte-coreano Kim Jong-un acaba de afirmar que o ‘botão nuclear continua na sua secretária’ (…) informem-no que eu também tenho um botão nuclear, muito maior e mais poderoso, e que funciona!”, escreveu Donald Trump, numa mensagem na rede Twitter.

Donald Trump respondeu assim ao discurso proferido pelo “número um” da Coreia do Norte no primeiro dia de 2018.

Na sua mensagem de Ano Novo, Kim Jong-un afirmou que a capacidade atómica norte-coreana funciona como dissuasão para qualquer ataque dos Estados Unidos.

“O botão nuclear continua na minha secretária. Não se trata de uma chantagem, mas da realidade”, declarou Kim Jong-un na segunda-feira, repetindo que a Coreia do Norte era, a partir de agora, uma potência nuclear e capaz de alcançar todo o território norte-americano.

A Coreia do Norte anunciou hoje que vai reabrir o canal de comunicações intercoreano às 06:30 TMG, um dia depois de ter recebido a proposta sul-coreana para realizar negociações oficiais, disse o Governo de Seul.

A televisão oficial “KCTV da Coreia do Norte declarou que o Norte ia reabrir hoje o canal de comunicação com o Sul às 15:30 locais (06:30 em Lisboa)”, disse um porta-voz do Ministério da Unificação sul-coreano.

Este anúncio surge um dia depois de a Coreia do Sul ter proposto ao Norte a realização de negociações de alto nível sobre a possibilidade de cooperação nos Jogos Olímpicos de inverno, que vão decorrer em fevereiro, no Sul.

Na segunda-feira, o líder norte-coreano, Kim Jong-un, tinha sugerido o envio de uma delegação do Norte aos Jogos Olímpicos de PyeongChang.

Ler mais
Relacionadas

China ajuda Coreia do Norte e Trump reage no Twitter

Embarcações norte-coreanas estão a fazer ligações ilegais com navios chineses no mar para se abastecer de petróleo, diz a imprensa sul-coreana. Trump não gostou e já reagiu no Twitter.

Problema sem solução? Coreia do Norte não confia nos EUA nem para negociar

EUA queriam o fim do programa nuclear por parte da Coreia do Norte mas os norte-coreanos recusam-se a negociar e acusam os norte-americanos de promover um estratagema.
Recomendadas

Al Gore ‘substitui’ Barack Obama no Climate Change Leadership Porto

O Prémio Nobel e ex-vice-presidente dos Estados Unidos estará no Porto em março para uma conferência focada nos desafios que as alterações climatéricas representam para a indústria mundial do vinho.

Venda de ‘hijabs’ como uniforme escolar causa polémica no Reino Unido

A marca britânica, Marks & Spencer está a ser alvo de controvérsia por vender ‘hijabs’ como vestuário escolar. Grupo é alvo de fortes criticas por promover ”a sexualização” das crianças muçulmanas.

Crescimento económico da Grécia em 2017 revisto em alta para 1,5%

A razão para a revisão prende-se com a despesa com consumo, que aumentou 0,6% de acordo com os novos dados, enquanto na estimativa rápida, o Elstat indicava uma diminuição de 0,2%.
Comentários