Dos chocolates alemães aos perus franceses. Os países que são campeões de vendas no Natal

Agora que a árvore de Natal está montada e iluminada, com os presentes comprados, conheça quais os países da União Europeia com mais espírito natalício. Aqui pode ver o ranking dos onze produtos de consumo de Natal mais exportados pelo bloco nesta época, e os respetivos países vendedores, segundo dados do Eurostat para 2016. “Spoiler alert”: Portugal não está na lista.

Agora que a árvore de Natal está montada e iluminada, com os presentes comprados, conheça quais os países da União Europeia com mais espírito natalício. Aqui pode ver o ranking dos onze produtos de consumo de Natal mais exportados pelo bloco nesta época, e os respetivos países vendedores, segundo dados do Eurostat para 2016. Spoiler alert: Portugal não está na lista.

Relacionadas

Natal: Vivência das festas por olhos diferentes

O Natal é uma quadra festiva carregada de simbolismo, que é vivida por todos de forma diferente, mas com um quadro comum da tradição do encontro em família. O Jornal Económico reuniu 15 olhares diversos e conta-os, por palavras, em discurso direto.
Recomendadas

PremiumEmpresas e famílias terão incentivos fiscais no interior

Governo lança benefícios fiscais (ao nível do IRC e do IRS) para promover a revitalização do interior. Investir fora dos grandes centros urbanos terá mais vantagens para as famílias e para as empresas.

Metro de Lisboa prevê início de serviço às 10h00 devido à greve

Previsão de início do serviço de transporte às 10h00 foi anunciada pelo metro, em comunicado, devido à greve da generalidade dos trabalhadores da empresa e que afeta a operação entre as 6h00 as 9h30, a que se juntam os trabalhadores administrativos entre as 10h00 e as 12h30.

PremiumPropinas baixam 212 euros. Medida custa ao país 50 milhões

Manuel Heitor deixa a sua impressão digital no Orçamento de Estado para 2019 ao avançar a medida que baixa as propinas cobradas no ensino superior, que se encontravam congeladas desde 2016. O tecto máximo das propinas, atualmente, nos 1.068 euros cai para 856 euros, no ano letivo 2019/2020, o que representa uma redução exata de 212 euros por ano.
Comentários