E-Goi lança app Qero a 7 de junho

A tecnológica portuguesa e-Goi lança a aplicação Qero, para as empresas que não têm app, a 7 de junho .

A app Qero, da e-Goi, é adaptável à imagem de qualquer empresa ou negócio que poderá notificar instantaneamente os clientes sobre as suas novidades através de notificações push e personalizá-las com base nas preferências ou localização geográfica de cada cliente.

A E-Goi anunciou a 1 de abril uma oferta de uma app gratuita durante 24 horas que foi, segundo Hugo Pascoal, Brand & Communication Manager na tecnológica, uma “verdade vestida de mentira”.

A ação, explica o responsável “despertou tanta curiosidade que os nossos clientes praticamente nos obrigaram a desenvolver todo o conceito e a aperfeiçoar o produto em tempo record”.  Dois meses depois nasce a Qero, “a app própria para as empresas que ainda não têm app”, refere.

A aplicação não tem custos para as empresas, é fácil de configurar sendo igualmente gratuita para os clientes que a utilizem.

“Os nossos clientes são os grandes culpados e ao mesmo tempo serão os grandes beneficiados de uma aplicação que amplia o leque de canais de comunicação de baixo custo para as PME”, refere Miguel Gonçalves, CEO da E-Goi.

“Já tínhamos lançado as notificações push mas, por entender que maior parte dos nossos clientes ainda não tinham app, colocamos mãos à obra e criamos uma app, grátis e pronta a usar. De uma forma geral, a tendência será, a curto prazo, um aumento exponencial da utilização de notificações push.”, conclui.

Para breve, está ainda programada a utilização do Qero como parte integrante de programas de fidelização.

OJE

 

Ler mais
Recomendadas

Banco de Fomento lança duas novas linhas de apoio à economia no valor de 1.100 milhões de euros

Banco Português de Fomento abre esta segunda-feira as candidaturas para as novas linhas de crédito. A linha de apoio para as empresas exportadoras da indústria e do turismo tem uma dotação global de 1.050 milhões de euros, enquanto a linha de apoio às empresas de montagem de eventos tem uma dotação de 50 milhões de euros.

PremiumCompal vende 70 milhões de litros de sumos com Centro de Frutologia

Miguel Garcia, diretor de marketing da empresa, realça o papel do centro na promoção da fruta nacional e no acesso a 20 mil toneladas anuais.

Honda suspende produção no Reino Unido por falta de fornecimentos

De acordo com o Sunday Times, citado pela agência Efe, a Jaguar Land Rover, a Nissan e a Vauxhall também se estão a ver obrigadas a cortar na sua atividade devido à falta de pessoal por causa da covid-19, assim como pelo congestionamento nos portos britânicos associado à pandemia e ao ‘Brexit’ (saída do Reino Unido da União Europeia).