Economia do futuro em debate no Portugal Financial Forum

Conferência na Coimbra Business School conta com o Jornal Económico como media partner e vai discutir a economia do futuro, numa altura em que a sociedade global se defronta com a disrupção e os riscos associados às novas tecnologias que prometem um mundo melhor.

A Coimbra Business School prepara-se para receber a quarta edição da conferência “Portugal Financial Forum”, que pretende debater a “Economia do Futuro: Mitos e realidades, desafios e oportunidades”, promovida pela corretora Activtrades e da qual o Jornal Económico é media partner. 

No evento sobre a Economia do Futuro, que se realiza esta quinta-feira, 23 de maio, serão abordados três dos principais temas do presente e do futuro: mobilidade, ambiente e transição energética.

A sessão de abertura está a cabo do secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Gomes Mendes, que detém o pelouro do ambiente e transição energética. Pouco depois, sobem ao palco especialistas em diversos setores da sociedade, desde a tecnologia à inovação, num painel que conta com o presidente da Coimbra Business School, Pedro Costa, a economista do IAPMEI, Rita Verdelho, o CEO da Vinci Energies Portugal, Pedro Afonso, e a presidente do conselho geral do politécnico de Coimbra, Filomena Girão. A moderação do painel ficará a cargo do diretor adjunto do Jornal Económico, Shrikesh Laxmidas.

Segue-se um painel dedicado à importância para a economia dos mercados financeiros e do trading, no qual falarão Tiago Martins e Mário Martins, ambos da Activtrades, Marco Silva, especialista em consultoria estratégica e de investimentos, o trader Luís Tavares, a professora da FCT Nova, Gracinda Guerreiro, e o CEO da IMF, Filipe Garcia.

O último painel abordará a gestão de recurso humanos e a preparação das empresas e da economia para a revolução tecnológica que se avizinha, que contará com a participação de Manuel Castelo Branco, advogado e ex-presidente da Coimbra Business School, o professor no ISEG, Rui Brites, Magda Faria, da Axians, e o humanista e sustentabilista, Bruno Neto.

A conferência tem início às 14h00 e termina às 18h45.

As inscrições estão abertas no site da conferência.

Ler mais
Recomendadas

‘Portugal Inteiro’: descentralização continua a ser um imperativo de desenvolvimento

Silva Peneda, presidente do Conselho Geral da UTAD, e Rui Santos, presidente da Câmara de Vila Real, convergem na necessidade de o país largar as amarras das áreas metropolitanas.

Digitalização permite aproximar interior de “novos investimentos”, diz vice-presidente da IP Bragança

O que faz falta é que o interior afirme as suas qualidades: melhor nível de vida, mais tempo, menos tensão. As autoestradas digitais tornam a geografia um mero pormenor.

Inovação é a forma de manter população no interior

A aposta na inovação é um dos factores fundamentais para a criação de condições para a fixação de talento no interior. O tema ‘Como fomentar a inovação no interior?’ foi debatido no ciclo de conferências ‘Portugal Inteiro’, resultado da parceria entre a Altice e o Jornal Económico.
Comentários