EDP eleita líder mundial na dimensão social da sustentabilidade

EDP foi considerada a melhor do mundo em critérios como a gestão de política ambiental

Ctristina Bernardo

A elétrica foi novamente distinguida como uma das empresas com melhores práticas de sustentabilidade a nível europeu e mundial, revelou a EDP em comunicado.

Assim, a empresa foi distinguida como a melhor do mundo na dimensão social da sustentabilidade sendo que “o grupo está no top 2 das utilities energéticas no Dow Jones Sustainability Index e foi considerada a melhor do mundo em critérios como a gestão de política ambiental”, esclarece a elétrica.

“O compromisso assumido em prol da sustentabilidade materializou-se na obtenção de 85 pontos para integrar este índice, que distingue as empresas líderes em sustentabilidade a nível mundial. A EDP ficou 39 pontos acima da média da indústria e obteve a pontuação máxima (100) nas áreas de Investimento Social, Política Ambiental e Sistemas de Gestão, Envolvimento com Stakeholders, Gestão do Risco de Água, entre outras”, esclarece a EDP.

De resto, o grupo EDP tem vindo a integrar este índice há 11 anos consecutivos sendo que, na classificação deste ano, a EDP mantém-se no top 2 mundial das utilities elétricas integradas e no top 4 das utilities.

Relacionadas

Bruxelas investiga concessões do Governo à EDP

Nessa altura, as concessões em causa foram atribuídas sem concurso público, pelo que Bruxelas interroga agora o Governo sobre os contratos celebrados entre o Governo e a EDP, em 2007.

A urgência da sustentabilidade

Estou em crer que os mercados financeiros poderão funcionar como um dos elementos propulsores para a otimização da utilização dos recursos naturais e promoção de projetos de energias limpas.
Recomendadas

PS de Coimbra satisfeito com inclusão do ‘Metrobus’ na reprogramação do Portugal 2020

A solução tecnológica de autocarros elétricos designada ‘metrobus’ do Sistema de Mobilidade do Mondego (SMM), que irá servir o antigo ramal ferroviário da Lousã e a cidade de Coimbra, foi integrada na reprogramação do Portugal 2020.

Empresas de distribuição de gás natural querem investir 306,5 milhões até 2023

Segundo a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), o investimento previsto representa um acréscimo de 11,8% em comparação com o montante global das propostas dos planos anteriores e um acréscimo de 12,9% face ao montante global reportado à ERSE como executado e entrado em exploração no horizonte 2013 a 2017.

China Three Gorges substitui representantes no “board” da EDP

Dingming Zhang como membro representante da China Three Gorges Corporation para (Vice-Presidente); Shengliang Wu da China Three Gorges International Corp; Ignacio Herrero Ruiz em representação da China Three Gorges (Europe) são os novos nomes propostos para o Conselho Geral de Supervisão.
Comentários