EDP foi beneficiada em mais de mil milhões de euros

A equipa de investigação do Ministério Público suspeita que a eléctrica foi beneficiada em mais de mil milhões de euros com decisões tomadas de forma deliberada, avança o semanário Expresso.

Segundo o semanário o Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) está a averiguar a substituição, em 2004, dos contratos de aquisição de energia (CAE) pelos custos de manutenção para o equilíbrio contratual (CMEC), contratos esses que garantem rendas anuais à EDP.

O artigo avança também que o processo do Ministério Público passa ainda pela investigação à extensão do prazo de concessão de 27 barragens pela qual a EDP pagou ao Estado 759 milhões de euros em 2007.  O Expresso adianta que as perícias técnicas da investigação e a audição de uma dúzia de testemunhas leva, a equipa de investigação a crer que a eléctrica foi beneficiada em mais de mil milhões de euros com decisões tomadas de forma deliberada.

Relacionadas

Rendas da EDP vão custar 470 euros a cada consumidor

Cerca de 40% do valor pago mensalmente pelos consumidores vai diretamente para custos como a garantia de potência ou o preço especial de produção da energia eólica.

O Estado e as “rendas” da EDP

Os gestores e os acionistas da EDP procuram maximizar o valor para a empresa. Afinal, é esse o seu trabalho. Mas e o Estado? Qual é o seu papel nesta história?
Recomendadas

Wall Street espera por novo corte das taxas de juro e fecha em alta

Depois da reunião de amanhã, quarta-feira, espera-se que Jerome Powell, presidente da Fed, anuncie novo corte da federal funds rate em 25 pontos base, para um intervalo entre 1,75% a 2%.

Ministro da Economia anuncia incentivo à inovação a empresas de Setúbal

O Ministro da Economia revelou esta terça-feira que o Governo deverá anunciar ainda esta semana um incentivo à inovação, com uma majoração de 10% face aos apoios existentes, dirigido às Pequenas e Médias e Micro Empresas da Península de Setúbal.

Programa Capitalizar já fez chegar 8 mil milhões de crédito às empresas

As linhas do Programa Capitalizar fizeram chegar às empresas oito mil milhões de euros de crédito, disse hoje o ministro da Economia, sublinhando que o financiamento vai ser um dos maiores desafios do tecido empresarial nos próximos anos.
Comentários