EIT InnoEnergy anuncia data limite para ronda de investimento de 2018

A ronda de investimento da EIT InnoEnergy, cujas candidaturas decorrem até ao próximo dia 4 de outubro, é dedicada a PME com conceitos de tecnologias já comprovados.

A EIT InnoEnergy anunciou esta quarta-feira que a data limite para as candidaturas da ronda de investimento de 2018, que visa apoiar inovações na área da energia sustentável e baseadas em tecnologias limpas, é o dia 4 de outubro. A ronda de investimento da EIT InnoEnergy é dedicada a PME com conceitos de tecnologias já comprovados.

Desde o primeiro lançamento desta ronda, em 2011, a EIT InnoEnergy já investiu 190 milhões euros em projectos em oito áreas tecnológicas por toda a Europa.

Além do financiamento, a EIT InnoEnergy oferece aos seus candidatos o acesso a um ecossistema na área da inovação energética de mais de 385 parceiros industriais de toda a cadeia de valor da energia.

Mikel Lasa, CEO da EIT InnoEnergy ibérica, afirmou: “A nossa missão é acelerar a transição para a energia limpa na Europa. Por isso, estamos a identificar, investir e criar parcerias com os melhores e mais brilhantes inovadores no sector para os ajudar a escalar o seu negócio, reduzir tempo de entrada no mercado e, em última instância, comercializar a sua tecnologia”, acrescentando ainda que “quando falo em parceria é em verdadeira parceria. Vamos além da mera contribuição monetária para ajudar os nossos parceiros a crescer. Não só damos acesso a uma network europeia líder na área da energia limpa e da sustentabilidade, mas também damos apoio sustentado através de serviços de marketing e outros serviços que criam valor”.

PCGuia
Recomendadas

Sindicatos chegam a acordo com Transtejo e Soflusa e equacionam levantar greve

Os sindicatos dos trabalhadores da Transtejo e Soflusa aceitaram esta segunda-feira um aumento de 28 euros para todas as categorias.

Reformados do BCP exigem aumentos das pensões

A moção com esta exigência foi aprovada em reunião em 18 de julho, referindo essa moção que estes reformados que, ao contrário dos outros pensionistas bancários, não vêem as pensões atualizadas desde 2010.

EuroBic também anuncia Verão sem gravata

Mais um banco a aderir à moda de deixar de obrigar ao uso da gravata. Desta vez é o EuroBic, depois do Montepio e do BCP. Lá fora a moda parece ter vindo para ficar.
Comentários