Elon Musk e foguetões? Pentágono vai rever certificação da SpaceX

Em causa está o cumprimento das regras no lançamento dos veículos espaciais Falcon 9 e Falcon Heavy.

O Pentágono vai avaliar a certificação dos veículos de lançamento espacial da Space Exploration Technologies (SpaceX) para determinar se a Força Aérea norte-americana cumpriu com as orientações durante a última missão em parceria com a empresa.

De acordo com um memorando da sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos da América, divulgado esta terça-feira pela agência “Reuters”, a empresa de sistemas aeroespaciais liderada por Elon Musk estará debaixo das lupas do Pentágono ainda este mês.

O vice-inspetor-geral Michael Roark disse que o “objetivo é determinar se a Força Aérea dos Estados Unidos cumpriu com o Guia de Certificação de Novos Operadores dos Serviços de Lançamento”, quando deu ‘luz verde’ ao projeto do sistema de lançamento dos foguetões Falcon 9 e Falcon Heavy, criados pela Space X.

A decisão surge dois meses depois de a empresa com sede na Califórnia ter realizado a sua primeira missão espacial de segurança nacional com sucesso, mostrando poder concorrer com um mercado então dominado pela Lockheed Martin e pela Boeing. Pouco antes, a Space X tinha também revelado a identidade do primeiro turista a viajar até à Lua a bordo do seu veículo BFR.

Bilionário e apreciador de arte: quem é o primeiro passageiro do SpaceX?

Ler mais
Relacionadas

“Musk Foundation”: atividade filantrópica do fundador da Tesla levanta dúvidas

Algumas das subvenções da Musk Foundation beneficiaram organizações que parecem ter pouco a ver com filantropia. O britânico ‘The Guardian’ tentou perceber o que está por trás das suas atividades.

Elon Musk anuncia que vai despedir 7% dos trabalhadores da Tesla

Cerca de três mil trabalhadores da produtora automóvel norte-americana serão despedidos. O aumento de custos devido à produção do novo Model 3 é a principal razão para os despedimentos.
Recomendadas

Sonae Sierra: projeto de renovação do CascaiShopping eleito o melhor da Europa

O projeto de renovação, que contou com um investimento de 14 milhões, e do centro comercial que conta com 73.800 m2 de Área Bruta Locável (ABL), 199 lojas distribuídas por dois pisos, 40 restaurantes, sete salas de cinema (uma delas IMAX) e o inovador “Cascais Kitchen”.

Monte da Ravasqueira: Das adegas alentejanas para as mesas da China e dos EUA

Negócio de vinhos do Grupo José de Mello isolou as exportaçõese a criação de valor como vetores de desenvolvimento. No ano passado,o volumede negócios disparou 30%e a tendência mantém-se positiva em 2019.

Clientes são os vencedores do ‘confronto’ entre FinTech e a banca

Com a aposta no digital, a banca segue o exemplo das FinTech em identificar soluções para resolver as exigências dos clientes.
Comentários