Em 2018 só três empresas foram admitidas à cotação na Euronext Lisbon

Em dezembro de 2018, o número total de empresas emitentes cotadas na Bolsa portuguesa era de 59. Relativamente à capitalização bolsista doméstica, à data de 31 de dezembro de 2018, era de 54,3 mil milhões de euros, o que representou um decréscimo, entretanto já recuperado em 2019, relativamente à capitalização bolsista doméstica no final de 2017, a qual era de cerca de 57,0 mil milhões de euros.

Cristina Bernardo

Em dezembro de 2018, o número total de empresas emitentes cotadas na Bolsa portuguesa era de 59, distribuídas entre os segmentos Euronext (43), Euronext Access (13) e Euronext Growth (3). Os dados constam da newsletter da AEM – Associação de Empresas Emitentes de Valores Cotados em Mercado.

Ao longo do ano foram admitidas 3 novas empresas, uma no mercado regulamentado Euronext e duas no segmento Euronext Access, com o montante das novas admissões, de acordo com a capitalização bolsista na data de admissão, a cifrar-se nos 79 milhões de euros.

Já no que respeita às emissões de dívida foram admitidos 46 títulos, totalizando cerca de 27 mil milhões de euros, 40 dos quais no mercado regulamentado Euronext e os restantes no Euronext Access.

A newsletter dá ainda conta que durante o ano de 2018 negociaram-se cerca de 23 mil milhões de euros no mercado acionista nacional, o que representa uma redução de cerca de 3,4% em relação ao ano de 2017.  “Nota-se igualmente a redução do número de negócios em cerca de 21%, de 5,4 milhões para 4,3 milhões, em linha com a redução muito significativa do número médio de negócios por sessão, de 22 mil para 18 mil”, lê-se na nota.

No final de 2018, encontravam-se registados 96 membros a operar no mercado à vista nacional, mais dois do que no final de 2017 e 46 membros no mercado de derivados.

Relativamente à capitalização bolsista doméstica, à data de 31 de dezembro de 2018, era de 54,3 mil milhões de euros, o que representou um decréscimo, entretanto já recuperado em 2019, relativamente à capitalização bolsista doméstica no final de 2017, a qual era de cerca de 57,0 mil milhões de euros.

No início de julho de 2019, a capitalização bolsista das ações domésticas totalizava 61.848 milhões de euros, diz a AEM.

Por outro lado, no final de junho de 2019, o índice PSI-20 encerrou nos 5.137,47 pontos, registando uma descida de 7,1% em relação ao período homólogo de 2018, acrescenta a associação.

No final de dezembro de 2018, o valor das transacções efectuadas no mercado secundário a contado totalizou 1.519,7 milhões de euros, menos 533,1 milhões (-26,0%) do que em dezembro de 2017.

Na Euronext Lisbon, o volume de transações situou-se em 1.469,6 milhões de euros, o que representa uma descida mensal de 16,9% e uma quebra homóloga de 24,6%.

A capitalização bolsista dos instrumentos financeiros admitidos à negociação no mercado a contado, em Portugal, está representada quase exclusivamente por dois segmentos distintos, as ações e as obrigações (de dívida pública e privada).

Ler mais
Recomendadas

Galp e Mota-Engil animam PSI 20. Cofina cai quase 3%

A meio da manhã desta quinta-feira o principal índice bolsista português regista uma subida de 0,77% para 4.857,85 pontos, seguindo a tendência das congéneres europeias.

PremiumPor trás dos números – Os ‘Midas’ e a arte de bem investir

Foi a paixão pelos números que os levou a querer perceber o que explica as oscilações das ações. Habituados a lidar com a alta pressão, os analistas de mercados são inundados por avalanchas de dados financeiros, que analisam para acautelar e valorizar os investimentos dos clientes. Consideram que há excesso de regulação e que a tecnologia prejudicou os pequenos investidores.

Apetite dos investidores pela dívida portuguesa não deverá tirar férias

Esta quarta-feira, o IGCP realiza um leilão duplo de Bilhetes do Tesouro, num mês em que “há menos” liquidez nos mercados. Segundo o diretor de gestão de ativos do Banco Carregosa, Filipe Silva, “apesar de estarmos em agosto” não irá ter qualquer efeito na ida de Portugal aos mercados.
Comentários