Empreendedora síria expande projeto para integrar migrantes, refugiados e locais

Khuloud levou o Speak para a cidade de Braga. A iniciativa ‘made in’ Portugal, que já rumou a outros três países, procura angariar 20 mil euros através ‘crowdfunding’.

A empreendedora síria Khuloud levou o Speak, para integração de migrantes, refugiados e locais, para a cidade de Braga. A iniciativa made in Portugal permite a várias pessoas prender e ensinar línguas e culturas e já rumou a outros três países. O projeto procura agora angariar 20 mil euros através crowdfunding, sendo que, até ao momento, já conseguiu 8.670 euros, o que corresponde a 46% da meta.

“Deixei a cidade de Damasco onde nasci e vive grande parte da minha vida devido ao cenário de guerra e destruição. Quando cheguei ao Porto encontrei diversos desafios, tais como a língua, perceber a cultura, sentir-me parte da cidade e fazer novas amizades. Hoje vivo em Braga, onde tenho uma rede de amigos espetacular ”, garante Khuloud, que chegou ao país há três anos graças à bolsa de estudo da Global Platform for Syrian Students.

A jovem de 29 anos reside em Braga, para onde já encaminhou o projeto, e trabalha na EDP – Energias de Portugal. “Gosto de viver em Portugal. Sinto-me bem na minha comunidade. Tenho amigos, falo bem a língua. Aqui sinto-me em casa”, confessa.

“Para levar a cabo o projeto, o Desert Sailors vão de Portugal à Mongólia para fazer uma campanha de crowdfunding em que o valor angariado irá ajudar a Khuloud e outra pessoa refugiada a iniciar o Speak numa nova cidade”, explica Khuloud. A Google juntou-se ao desafio e irá doar 1 euro por cada euro angariado. A Mitsubishi Motores é outro dos principais patrocinadores.

Presente em dez cidades – Amarante, Braga, Coimbra, Leiria, Lisboa, Porto, Aveiro (Portugal), Berlim (Alemanha), Turim (Itália) e Madrid (Espanha) –, o projeto representa cidadãos de 149 países. Hugo Menino Aguiar foi o fundador e tem como objetivo fazer crescer a sua missão através do “Leva o Speak para a tua cidade!”.

Recomendadas
Nors abre concurso internacional para startups com 10 mil euros de prémio
As inscrições para o concurso internacional de startups, promovido pelo grupo Nors Digital Disruptos, já está aberto. As candidaturas devem ser enviadas até ao dia 3 de oububro. A startup vencedora ganhará um prémio de 10 mil euros e ainda um ano de incubação.
TecMinho abre candidaturas para Laboratório de Ideias de Negócio
O programa de aceleração de ideias de negócio destina-se a todos os alunos, diplomados, docentes e investigadores do ensino superior. O período de candidaturas termina a 20 de outubro.
Apostar nas vinhas velhas para dar vinhos novos no Douro Internacional
Frederico Machado e Ricardo Alves decidiram dedicar-se à preservação das vinhas velhas que têm uma qualidade alta e produzem vinhos com características diferentes das vinhas novas.
Comentários