Empreitadas de obras públicas quase duplicam, o melhor número em 25 anos

Segundo a edição de outubro do Barómetro das Obras Públicas da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN), no final do terceiro trimestre, os concursos de empreitadas de obras públicas promovidos situaram-se em 2.311 milhões de euros, mais 96% face ao mesmo período do ano passado.

O terceiro trimestre do ano foi o melhor dos últimos 25 no mercado das obras públicas, com um crescimento homólogo de 96% dos concursos de empreitadas promovidos, anunciou hoje a AICCOPN.

Segundo a edição de outubro do Barómetro das Obras Públicas da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN), no final do terceiro trimestre, os concursos de empreitadas de obras públicas promovidos situaram-se em 2.311 milhões de euros, mais 96% face ao mesmo período do ano passado.

“Com os anúncios de concursos a atingirem os 831 milhões de euros, este foi o melhor trimestre dos últimos 25, ou seja, desde junho de 2011 que não existia um registo trimestral tão elevado”, lê-se no comunicado da associação.

De acordo com a AICCOPN, o total de contratos celebrados e reportados até final de setembro atingiu 1.525 milhões de euros, ou seja, mais 57% que o verificado no ano anterior.

“Considerado apenas o montante registado neste terceiro trimestre, 584 milhões de euros, constata-se que, tal como verificado ao nível dos concursos públicos promovidos, este também é o melhor trimestre desde junho de 2011”, sublinha a associação.

Nos primeiros nove meses do ano, os contratos celebrados e reportados no Observatório das Obras Públicas no âmbito de concursos públicos ascendem a 879 milhões de euros, mais 74% em termos homólogos.

Os contratos celebrados em resultado de ajustes diretos ascendem a 562 milhões de euros, um aumento de 44% face ao mesmo período de 2016.

Ler mais
Recomendadas

Ligações fluviais entre Barreiro e Lisboa não estão asseguradas na manhã e início da tarde deste sábado

Entre as 7h25 e as 14h55, no sentido entre o Barreiro e Lisboa, e entre as 7h55 e às 15h25, no sentido contrário, as ligações não estão asseguradas, estando os horários “sujeitos a confirmação”, diz Soflusa em comunicado.

Irão anuncia captura de petroleiro britânico

Esta situação acontece no mesmo dia em Gibraltar estendeu por trinta dias o período de retenção do petroleiro iraniano Grace 1, retido há quase duas semanas neste território por suspeitas transporte de crude para a Síria.

Azeredo Lopes sabia desde o início do “encobrimento”, diz despacho do MP sobre Tancos

Segundo o despacho do MP, os procuradores do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) sustentam que, em agosto de 2017, dois meses antes do “achamento”, Azeredo Lopes teve uma reunião no Ministério da Defesa com o ex-diretor da Polícia Judiciária Militar, Luís Vieira, na qual foi informado – e deu o aval – do plano para a recuperação do material.
Comentários