Entre julho e janeiro produziram-se mais 95% de automóveis para exportação

De janeiro a julho de 2018, produziram-se 176.116 veículos automóveis para exportação, o que representa um aumento de 94,9% relativamente ao mesmo período de 2017.

De janeiro a julho de 2018, produziram-se 176.116 veículos automóveis para exportação, o que representa um aumento de 94,9% relativamente ao mesmo período de 2017. A categoria de veículos ligeiros de passageiros registou um aumento de 131,8% (em termos de variação homóloga anual), enquanto as categorias de veículos comerciais ligeiros, comerciais pesados e monovolumes registaram variações homólogas acumuladas de 18,3%, -26,6% e 159,4% respectivamente.

No que se refere apenas ao mês de julho de 2018, foram produzidos 26.806 veículos automóveis para exportação, o que corresponde a um aumento de 130,6% relativamente ao período homólogo, segundo dados da ACAP (Associação Do Comércio Automóvel de Portugal).

Neste mês, a produção total de veículos ligeiros de passageiros para exportação registou uma variação homóloga de 169,4%. Nas categorias de veículos comerciais ligeiros e comerciais pesados, as variações homólogas foram de 55,6% e -16,9%, respetivamente. Na categoria de monovolumes (Autoeuropa) registou-se uma variação homóloga de 209,2%.

Recomendadas

Site do Jornal Económico teve melhor desempenho de sempre no primeiro trimestre de 2019

Site do Jornal Económico recebeu 12,5 milhões de visitas entre janeiro e março de 2019, o que representa uma subida de 20% face ao mesmo período do ano passado. Número de utilizadores cresceu 30% para cinco milhões e o tempo médio de permanência no site mais do que duplicou, para sete minutos. Obrigado pela sua preferência!

Ministro do Planeamento: Governo quer ter 100% do Portugal 2020 aprovado até ao fim do ano e uma execução de 50%

Nelson de Souza revelou em entrevista à Antena1/Negócios que as aprovações em curso, ao longo de 2019, dos fundos de coesão – sem contar com a agricultura – vão corresponder a um total de 5 mil milhões de euros.

Agência Espacial: Portugal pretende multiplicar negócios por dez até 2030

Acabada de criar, a Agência Espacial Portuguesa é vista pelo ministro da Ciência, Manuel Heitor, como a força capaz de criar mil empregos e gerar uma faturação de 400 milhões de euros até ao fim da próxima década.
Comentários