ERC adia decisão sobre venda da TVI à Altice para a próxima terça-feira

Segundo o Jornal Económico sabe, a ERC conta pronunciar-se sobre a compra da Media Capital pela Altice através da MEO, na próxima terça-feira dia 17 de outubro; o que significa que a Concorrência aceitou o adiamento pedido pela ERC. Carlos Magno vai encontrar-se com reguladores francês e espanhol em Viena.

Ler mais

A ERC pediu à Autoridade da Concorrência (AdC) o alargamento do prazo para emissão de um parecer sobre o negócio da compra da Media Capital pela Altice, por mais cinco dias dias úteis, confirmou o Jornal Económico junto do regulador. A última palavra sobre o prolongamento do tempo pertence no entanto à Autoridade da Concorrência (AdC).

Carlos Magno, presidente da ERC, não adianta detalhes dos motivos do adiamento, mas diz que “este tempo pedido é necessário”. Isto numa altura em que se prepara para deslocar a Viena de Áustria para uma reunião com reguladores europeus, incluindo o regulador francês e o regulador espanhol, que regem a Altice e a Prisa, respetivamente, soube o Jornal Económico.

A ERC conta pronunciar-se sobre a compra da Media Capital pela Altice através da MEO, na próxima terça-feira dia 17 de outubro, referem as nossas fontes. O que significa que a Concorrência aceitou o adiamento pedido pela ERC.

O prazo inicial acabava esta terça-feira, mas a compra da Media Capital pela Altice, um negócio avaliado em 440 milhões de euros, tem ainda de esperar uma semana.

O regulador dos media tem nas mãos o poder de definir o desfecho deste negócio, mas, para isso acontecer, o parecer tem de ser aprovado por unanimidade, o que está longe de ser certo que aconteça.

Segundo avançou domingo Luís Marques Mendes, no seu habitual comentário na SIC, o parecer técnico da ERC será desfavorável ao negócio, mas falta saber a posição dos três membros do conselho regulador da ERC, nomeadamente a posição de Carlos Magno.

 

Relacionadas

Javier Monzón substitui Juan Luis Cebrián como presidente da Prisa

Maior acionista da Prisa ganha poder no Conselho de Administração do dono do El País e da Media Capital, avança o El Economista.

Marques Mendes diz que parecer “técnico” negativo da ERC ameaça compra da TVI

Segundo Luís Marques Mendes no seu comentário habitual da SIC, “o parecer dos serviços técnicos da ERC, ao que parece, é desfavorável à operação. Ou seja, é um parecer negativo”, mas Carlos Magno pode viabilizar a venda. Sobre a demissão de Pedro Passos Coelho, disse que ia provocar mudanças “profundíssimas” na sociedade. Considerou Pedro Passos Coelho um “bom primeiro-ministro”, num período difícil.
Recomendadas

Como a tecnologia do ‘Candy Crush’ pode maximizar o potencial das empresas

O ‘Agile’ é uma metodologia de produção de software que cria valor do produto tecnológico mais cedo. Apesar de ainda não estar generalizada nas organizações, há uma app de sucesso foi criada pela ‘Agile’ e que os portugueses conhecem bem.

Transporte de passageiros por via aérea desacelerou no segundo trimestre

Dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) relativos à atitivade dos transportes indicam ainda que os movimentos de mercadorias aumentaram pela via marítima e ferroviária.

Concretizado primeiro passo da integração da AICCOPN com a AECOPS

Associações setoriais da construção foram finalmente sensíveis a razões de racionalidade associativa que há muito vinham sendo evidentes.
Comentários