Espera de seis meses para primeira consulta de doenças da pele

A especialidade de dermatovenerologia é a que regista uma maior dilação entre o momento do pedido da consulta e a resposta hospitalar diz o JN.

O Jornal de Notícias (JN) refere que o tempo de espera para a primeira consulta de dermatovenerologia nos hospitais públicos tem piorado desde 2014 até setembro de 2017.

Os hospitais estão a demorar em média mais de seis meses para chamar os pacientes para a primeira consulta de doenças da pele avança o JN.

O JN diz que a especialidade de dermatovenerologia é a que regista “uma maior dilação” entre o momento do pedido da consulta e a resposta hospitalar.

A oftalmologia e a reumatologia têm também tempos médios acima do previsto na lei esclarece o JN.

Recomendadas

Sindicatos médicos contestam critério de redução de listas de utentes

Os sindicatos médicos consideram a proposta de Orçamento do Estado “meramente eleitoralista” e contestam que a redução da lista de utentes por médico de família fique dependente de 99% dos portugueses terem médico atribuído.

Administradores Hospitalares saúdam reforço na saúde e novo modelo de financiamento

A Associação dos Administradores Hospitalares saudou esta terça-feira o reforço do orçamento para a saúde e considerou “bastante positivo” o novo modelo de financiamento que está previsto para 11 hospitais públicos.

OE2019: Ministro das Finanças diz que país terá cinco novos hospitais

Na apresentação do Orçamento de Estado de 2019, o ministro das Finanças, Mário Centeno, disse que a “saúde é prioridade” e avançou que, no próximo ano, o país terá cinco novos hospitais.
Comentários