Esta é a nova garrafa ecológica que ‘promete’ um consumo mais sustentável de água

Foi anunciado hoje o lançamento da nova garrafa ecológica e o seu serviço de reabastecimento self service.

Foi anunciado hoje, 18 de setembro, o lançamento da nova garrafa ecológica, ECO com o intuito de criar uma nova forma de consumir água que seja mais sustentável.

As novas garrafas apostam no conceito da reutilização que permite, assim, a criação de uma nova forma de consumo mais sustentável de água e permite que o consumidor consiga desenvolver e aumentar hábitos de reutilização, reduzindo os resíduos não biodegradáveis. Estas destacam-se, principalmente pela capacidade e resistência.

As garrafas têm capacidade para suportar três litros de água e poderão ser reabastecidas, em alguns supermercados, nas estações de fornecimento de água em sistema self-service. A empresa assegura que a água é filtrada e terá um preço acessível aos consumidores.

Estes cantis, apesar de serem de plástico, têm a durabilidade de um ano. Assim pretende-se reduzir drasticamente o consumo do plástico em Portugal, pois a garrafa será reutilizável sempre que pretendermos reabastecer nos supermercados.  A empresa justifica a escolha do material, dizendo se as as garrafas fossem de vidro a adesão dos consumidores não seria tão grande devido ao peso e à sua mobilidade.

Este lançamento surge apenas meses depois de a Comissão Europeia ter pressionado as empresas a comprometerem-se voluntariamente a utilizar plástico reciclado, uma medida que serve para assegurar, já em 2025, que a União Europeia utilize 10 milhões de toneladas de plástico reciclado para fazer novos produtos.

Este projeto, que tem como objetivo expandir-se por todos os mercados da Europa no próximo ano, conta com um investimento de 5 milhões de euros e antecipa reduzir cerca de 27.5 milhões de garrafas de plástico em 2019.

 

 

 

Ler mais
Recomendadas

ERSE anuncia que o preço da electricidade desce 3,5% em 2019

A expressão nos orçamentos familiares da redução subjacente às tarifas transitórias de venda a clientes finais para 2019 é de 1,58 euros, numa fatura média mensal de 45,1 euros.

Preço da luz desce 3,5% em mercado regulado em 2019 para as famílias

Os preços da eletricidade para as famílias que ainda estão em mercado regulado descem assim pelo segundo ano consecutivo, depois de a ERSE ter revisto a proposta feita em outubro, que previa uma subida das tarifas de 0,1%.

PS chega a acordo com PSD para atribuir benefícios fiscais aos senhorios

O PS avançou hoje com uma proposta de alteração ao projeto de lei do PSD para atribuição de benefícios fiscais aos senhorios consoante a duração dos contratos de arrendamento, propondo que a taxa mínima de IRS seja de 10%.
Comentários