Estados Unidos ultrapassam a marca dos mil mortos por causa do novo coronavírus

Os EUA contam ainda 68.572 casos confirmados, o que coloca o país em terceiro lugar, logo atrás de Itália e da China.

Os Estados Unidos registaram, esta quinta-feira, 1031 mortes causadas pelo novo coronavírus, de acordo com uma contagem da Universidade norte-americana Johns Hopkins.

Apesar das restrições, Nova Iorque continua a ser o estado mais afetado pela pandemia registando, nas últimas 24 horas, mais 47 casos confirmados, elevando para 33.013 o número de infetados. Em termos de mortes foram registadas mais 366. Apenas na California, que conta com 3.158 infetados e 67 vítimas mortais é que foram registadas mais seis mortes.

Os EUA contam ainda 68.572 casos da doença, o que coloca o país em terceiro lugar, logo atrás de Itália e da China, em relação ao número de infectados.

De acordo com uma projecção comunicada, no início do mês, ao Congresso norte-americano, entre 70 a 150 milhões de pessoas poderão ser infectadas nos Estados Unidos, que conta perto de 327 milhões de habitantes.

Recomendadas

Empresa portuguesa desenvolve equipamento para criar quartos de pressão negativa

Tecnologia permite transformar quartos convencionais em quartos de pressão negativa para tratar doentes infectocontagiosos, bem como fazer a purificação do ar eliminando assim os vírus e bactérias e prevenindo a contaminação.

Santander Totta vai passar a pagar aos fornecedores a pronto pagamento

“Esta medida reforça o conjunto de outras que o Santander tem vindo a implementar para apoiar a economia e minimizar os impactos negativos provocados pela Covid-19, com especial foco na tesouraria e liquidez dos seus clientes”, referiu o Santander Totta.

Itália regista 760 óbitos nas últimas 24 horas e um aumento ligeiro no número de casos confirmados

As autoridades de saúde italianas reportaram no relatório desta quinta-feira mais 760 mortes nas últimas 24 horas, mais 33 vítimas mortais do que ontem.
Comentários