“Estamos às portas de um novo mundo”. Quando Stephen Hawking falou ao mundo desde Portugal

O físico britânico cujo trabalho na área da relatividade e dos buracos negros marcou a ciência no século XX e XXI, morreu esta quarta-feira aos 76 anos. Recorde aqui a intervenção do famoso cientista na última edição da Web Summit, que se realizou em Portugal, em 2017. Um momento acompanhado pelo Jornal Económico.

O professor Stephen Hawking foi uma das surpresas do primeiro dia da Web Summit, a 6 de novembro de 2017, e marcou presença na Opening Night, através de videoconferência, a convite da tecnológica portuguesa Feedzai. A convite da startup portuguesa, Stephen Hawking falou na cimeira tecnológica sobre inteligência artificial (IA) e o seu futuro na sociedade.

“Sou uma otimista e acredito que podemos criar IA para bem do mundo. Que ela pode trabalhar em harmonia connosco. Nós precisamos simplesmente de estar cautelosos com os perigos, identificá-los, aplicar a melhor prática e gestão, e preparar-nos para as consequências de antemão”, disse.

O físico britânico sublinhou que toda a gente tem potencial para ultrapassar os limites do aceitável ou do expectável e “de ser grande”. “Estamos às portas de um novo mundo. É um local entusiasmante para estar, e vocês são os pioneiros”, frisou.

O físico britânico cujo trabalho na área da relatividade e dos buracos negros marcou a ciência no século XX e XXI, morreu esta quarta-feira aos 76 anos.

A morte do génio da física foi anunciada pelos filhos, num comunicado difundido pelas agências de notícias.”Estamos profundamente tristes com a morte, hoje, do nosso adorado pai. Foi um grande cientista e um homem extraordinário, cujo trabalho e legado permanecerão por muitos anos”, escreveram Lucy, Robert e Tim.

Os filhos de Stephen Hawking acrescentaram  ainda que a sua coragem e persistência, assim como a sua inteligência e humor inspiraram pessoas por todo o mundo.

Stephen Hawking: uma vida sempre sob o signo da Física

Relacionadas

Físico Stephen Hawking morre aos 76 anos

Professor de matemática na universidade de Cambridge, Hawking fez parte de uma das mais importantes pesquisas no ramo da física, sobre a “Teoria de Tudo”.

Theresa May: “Stephen Hawking foi uma mente brilhante e extraordinária”

“A sua coragem, humor e determinação para tirar o máximo proveito da vida foi uma inspiração. O seu legado não será esquecido”, garantiu a primeira-ministra britânica. O cientista britânico faleceu na madrugada desta quarta-feira, 14 de março, aos 76 anos.
Recomendadas

Veja aqui o programa “Decisores” desta semana, com Pedro Santa Clara, responsável pelo novo campus da Nova SBE

Pedro Santa Clara, responsável pelo novo campus da Nova School of Business and Economics é o convidado desta semana do programa “Decisores”, transmitido nas redes sociais do Jornal Económico. Veja aqui a emissão.

Leia aqui o Jornal Económico desta semana

Leia todas as edições do Jornal Económico, na plataforma JE Leitor. Aproveite as nossas ofertas para assinar o Jornal Económico. Apoie o jornalismo independente.

Estes são os onze políticos mais ricos de Portugal

Conheça os onze políticos portugueses que têm um património global superior a 1 milhão de euros, de acordo com as contas da revista “Sábado”.
Comentários