Estatuto Editorial do Económico Cabo Verde

A partir de hoje, Cabo Verde conta com um jornal de economia online. Conheça o nosso estatuto editorial.

Económico Cabo Verde é um jornal especializado em economia, políticas públicas, finanças e negócios, sem descurar outros temas que correspondam às motivações e interesses de um público plural.

Económico Cabo Verde é um jornal livre e independente de quaisquer poderes políticos, económicos, religiosos ou corporativos, norteando-se por princípios de rigor, isenção e qualidade jornalística, de modo a contribuir para uma opinião pública informada e interventiva.

Económico Cabo Verde acredita num jornalismo económico de qualidade e responsável apenas perante os seus leitores, que terá mais valor quanto mais independente, isento, credível e rigoroso conseguir ser.

Económico Cabo Verde acredita no primado da pessoa humana, na democracia representativa e na defesa do interesse público, no contexto de uma sociedade aberta, onde cada cidadão tenha liberdade de escolha e de iniciativa e possa melhorar a sua condição com base no mérito.

Económico Cabo Verde procura estar em sintonia com a transformação tecnológica em curso na comunicação social, na medida em que as novas tecnologias permitam melhor servir os seus leitores e telespectadores.

Económico Cabo Verde acredita na importância da inovação e da livre concorrência para o progresso económico e social, rejeitando todas as formas de monopólio e outras distorções da concorrência

Ler mais
Recomendadas

INE de Cabo Verde começa a preparar recenseamento em março

O instituto iniciará a atualizaçao cartográfica e o pré-recenseamento no âmbito do Censo 2020. Em curso está o concurso para recrutamento de 156 agentes cartográficos que depois serão distribuídos por todo o território nacional para recolha de dados.

Sérvulo estabelece parceria com sociedade de advogados em Cabo Verde

A MJN Advogados, de Maria João de Novais, é o novo escritório parceiro da Sérvulo & Associados.

“Em Lisboa emitimos mais de 15 mil passaportes nos últimos dois anos”, diz governo cabo-verdiano

O ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades e da Defesa de Cabo Verde anunciou esta quinta-feira que os consulados e embaixadas de Cabo Verde já emitiram 35 mil passaportes, entre 2017 e 2018.
Comentários