Euribor renovam mínimos de sempre a seis e 12 meses

As taxas Euribor desceram esta quinta-feira em todos os prazos, a seis e 12 meses para novos mínimos de sempre.

As taxas Euribor desceram esta quinta-feira em todos os prazos, a seis e 12 meses para novos mínimos de sempre.

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação, recuou hoje para -0,313%, novo mínimo de sempre e menos 0,002 pontos que na sessão anterior.

O atual valor máximo desde julho de 2018 da Euribor a seis meses, de -0,227%, foi registado em 27 de março.

No prazo de 12 meses, a taxa Euribor também desceu hoje para um novo mínimo de sempre, de -0,213%, menos 0,002 pontos que na quarta-feira.

A Euribor a 12 meses subiu até ao atual máximo desde julho de 2018, de -0,108%, pela primeira vez em 06 de fevereiro.

A Euribor a três meses desceu hoje para -0,344%, menos 0,001 pontos, contra o mínimo de sempre de -0,345% em 25 de junho e o atual máximo desde julho de 2018 registado pela primeira vez em 24 de janeiro de -0,306%.

As taxas Euribor a três, a seis e a 12 meses entraram em terreno negativo em 2015, em 21 de abril, 06 de novembro e 05 de fevereiro, respetivamente.

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.

Ler mais
Recomendadas

Baixa de Lisboa, Av. Liberdade e Almirante Reis sem novas licenças de alojamento local

BE e PS chegaram a acordo para o Regulamento do Alojamento Local de Lisboa, que deverá passar a incluir o eixo Baixa/Avenida da Liberdade/Avenida Almirante Reis nas zonas de contenção, assegurando a interdição de novas licenças.

Taxas de juro baixas: saiba como renegociar o spread do crédito à habitação

Fale com o seu gestor de conta para baixar o spread do seu crédito à habitação. Se o seu banco não aceitar, haverá outra instituição bancária que gostará de receber o seu crédito à habitação. Conheça estas e outras dicas de João Raposo, economista do Grupo Reorganiza.

Spread do crédito à habitação em mínimos de 10 anos. Chegou a altura de renegociar com o banco

A descida relevante do crédito à habitação significa que este é o momento ideal para os consumidores com créditos à habitação reavaliarem a sua situação financeira, especialmente se contraíram o crédito numa altura em que o spread estava elevado.
Comentários