Euro sobe face ao dólar num contexto de incerteza

A libra recuperou hoje ligeiramente após a descida de terça-feira, quando a Câmara dos Comuns britânica aprovou uma moção que acusa o Governo de “desrespeito ao parlamento” por não ter divulgado o parecer jurídico completo sobre o acordo de saída do Reino Unido da União Europeia.

O euro registou hoje uma ligeira subida face ao dólar, quando permanecem as dúvidas sobre a desaceleração do crescimento na Europa, o orçamento italiano e a saída britânica da União Europeia (‘Brexit’).

Às 18:16 (hora de Lisboa), o euro negociava a 1,1350 dólares, quando na terça-feira à mesma hora seguia a 1,1340 dólares.

O vice-primeiro-ministro italiano e ministro do Desenvolvimento Económico, Luigi Di Maio, afirmou hoje que com a nova proposta de orçamento que será enviada em breve a Bruxelas se pretende evitar um procedimento por infração e, ao mesmo tempo, respeitar as promessas eleitorais.

A libra recuperou hoje ligeiramente após a descida de terça-feira, quando a Câmara dos Comuns britânica aprovou uma moção que acusa o Governo de “desrespeito ao parlamento” por não ter divulgado o parecer jurídico completo sobre o acordo de saída do Reino Unido da União Europeia.

Numa decisão sem precedentes, um total de 311 deputados, contra 293, votou a favor da moção contra o executivo da primeira-ministra Theresa May, por considerar insuficiente o relatório resumido apresentado ao parlamento pelo procurador-geral do Estado, Geoffrey Cox, sobretudo relativamente à solução para a Irlanda do Norte.

A aprovação reflete a tensão crescente entre o executivo e o parlamento quanto aos próximos passos para a saída britânica do bloco comunitário a poucos dias da votação do acordo alcançado por Londres e Bruxelas, no próximo dia 11.

 

Divisas……….hoje…………….terça-feira

 

Euro/dólar……1,1350………………..1,1340

 

Euro/libra……0,88992………………0,89153

 

Euro/iene……..128,40……………….127,83

 

Dólar/iene…….113,13……………….112,73

Ler mais
Recomendadas

“Vamos assistir à terceirização do e-commerce”, afirma presidente da ACEPI

O presidente da ACEPI, Alexandre Nilo Fonseca, considera que o ramo alimentar, “que até agora tem estado um bocadinho afastado do digital”, vai assistir a uma evolução no comércio ‘online’.

União Europeia facilita compras digitais mas Portugal falha prazo

“A Comissão está a acompanhar de perto a situação e em breve decidiremos as próximas medidas para garantir que todos os Estados-membros cumprem as suas obrigações”, diz Nathalie Vandystadt, porta-voz de Bruxelas.

Governo de Angola espera recessão de 1,7% em 2018

Ministro da Economia e Planeamento angolano referiu que depois de contrações de 2,6% e 0,1% em 2016 e 2017, respetivamente, a economia angolana deve ter aprofundado a queda no ano passado.
Comentários