Eurogrupo reúne esta quinta-feira com economia da zona euro na agenda

Reunião informal dos ministros das Finanças dos países da zona euro irão debater as previsões de primavera da Comissão Europeia para a zona euro e os desafios associados.

Francois Lenoir/Reuters

O Eurogrupo reúne esta quinta-feira em Bruxelas e tem como principais pontos de agenda o crescimento económico e os desafios estratégicos na zona euro.

Segundo a agenda do Eurogrupo, os ministros das finanças dos países da moeda única farão “uma troca de opiniões sobre a situação económica da área do euro e debaterá os principais desafios estratégicos com base nas previsões da Comissão Europeia”.

A Comissão Europeia divulgou as previsões de primavera a 7 de maio, nas quais reviu em baixa ligeira o crescimento económico da zona euro. O PIB na zona euro deverá abrandar para 1,2% este ano, pressionado pelo abrandamento da economia e do comércio global, ainda que antecipe que a economia volte a recuperar no próximo ano.

Bruxelas reviu em baixa ligeira as estimativas sobre o crescimento da economia da zona euro e estima atualmente uma expansão de 1,2% para este ano, que compara com os 1,3% projetados em fevereiro. Já para 2020, prevê que o PIB dos 19 países da moeda única cresça 1,6%.

“Os debates regulares sobre a situação económica e os desafios estratégicos estão na base dos esforços do Eurogrupo para promover o crescimento económico e a criação de emprego”, assinala a nota de agenda do Eurogrupo.

Já no formato inclusivo, irá debater o aprofundamento da União Económica e Monetária (UEM), na sequência da Cimeira do Euro de 14 de dezembro.

“Os ministros debaterão os aspetos relacionados com as receitas e analisarão uma panorâmica de todas as características do instrumento orçamental para a convergência e a competitividade da área do euro e, numa base voluntária, dos Estados-Membros do Mecanismo Europeu de Taxas de Câmbio (MTC II)”, refere a agenda, sublinhando que o Eurogrupo deverá elaborar um acordo em junho.

Ler mais
Relacionadas

Incertezas externas levam Bruxelas a rever em baixa crescimento da zona euro

Comissão Europeia vê agora a economia da zona euro a crescer 1,2%, menos uma décima do que nas previsões anteriores. Abrandamento da economia e do comércio global e tensões comerciais pressionam crescimento do PIB.

Crescimento da zona euro acelera para 1,2% no primeiro trimestre

Economia da zona euro registou uma taxa de variação em cadeia de 0,4% nos primeiros três meses do ano, o que representa um acelerar face ao último trimestre de 2018.
Recomendadas

Berardo: Bens pessoais de empresário estão na mira da justiça

Ações, títulos, depósitos e participações não bastam para liquidar dívida. Penhorar património pessoal de Berardo poderá ser a solução.

Amazon: ações podem chegar aos três mil dólares nos próximos dois anos, estima Bloomberg

A avaliação de três mil dólares por título implica uma capitalização bolsista de 1,47 mil milhões de dólares (1,31 mil milhões de euros).

As cidades com os táxis mais caros (e mais baratos) do mundo

O Deutsche Bank fez uma pesquisa onde elenca 55 cidades e os respetivos preços médios para utilizar o táxi. Lisboa está em 34.º lugar de uma lista que coloca Zurique no primeiro lugar e Amesterdão em segundo.
Comentários