Euronext mantém PSI 20 sem alteração

A revisão da praça lisboeta de dezembro não teve alterações nos seus constituintes.

Reuters

A Euronext anunciou esta quarta-feira os resultados da revisão trimestral do principal índice português, o PSI20, tendo-o mantido inalterado em junho. Caso a praça lisboeta sofresse mudanças nos seus constituintes, as alterações iriam entrar em vigor a partir a próxima segunda-feira, dia 24 de junho.

“O PSI20 é revisto trimestralmente em junho, setembro e dezembro. A revisão anual completa é em março. As revisões trimestrais servem para facilitar a inclusão de empresas cotadas recentemente e outros não-constituintes elegíveis que ocupem a 15ª posição ou melhor”, refere a Euronext em comunicado.

A bolsa de valores europeia, sedeada em Amesterdão sublinha que, além disso, “os constituintes cuja classificação se tornou inferior a 25 serão removidos. Possíveis não constituintes são adicionados para manter pelo menos 18 constituintes no índice”.

Recomendadas

Depois do BCE, o que vai fazer a Fed? Investidores com reservas deixam Wall Street no ‘vermelho’

O alargado S&P 500 recuou 0,11% para 3.006,16 pontos e o Nasdaq tombou 0,31% para 7.892,95. Apenas o industrial Dow Jones conseguiu manter-se no verde e fechou com uma valorização de 0,14% para 27.219,52 pontos.

S&P mantém ‘rating’ de Portugal, mas sobe ‘outlook’ para positivo

Agência norte-americana manteve a notação financeira de Portugal no segundo grau de investimento, mas subiu o ‘outlook’ de ‘estável’ para ‘positivo’. Política monetária do BCE, juntamente com os ganhos de competitividade em Portugal, melhoraram a resiliência externa da economia e reduziram o custo do serviço da dívida externa, justificou a S&P.

PSI20 fecha semana no ‘verde’ com BCP a ajudar

Por setores, note-se que a banca foi dos mais animados com os espanhóis Sabadell e CaixaBank na linha da frente. BCP aproveitou o ambiente do setor e deu impulso ao PSI20, com uma subida acima dos 4%.
Comentários