Euronext mantém PSI 20 sem alteração

A revisão da praça lisboeta de dezembro não teve alterações nos seus constituintes.

Reuters

A Euronext anunciou esta quarta-feira os resultados da revisão trimestral do principal índice português, o PSI20, tendo-o mantido inalterado em junho. Caso a praça lisboeta sofresse mudanças nos seus constituintes, as alterações iriam entrar em vigor a partir a próxima segunda-feira, dia 24 de junho.

“O PSI20 é revisto trimestralmente em junho, setembro e dezembro. A revisão anual completa é em março. As revisões trimestrais servem para facilitar a inclusão de empresas cotadas recentemente e outros não-constituintes elegíveis que ocupem a 15ª posição ou melhor”, refere a Euronext em comunicado.

A bolsa de valores europeia, sedeada em Amesterdão sublinha que, além disso, “os constituintes cuja classificação se tornou inferior a 25 serão removidos. Possíveis não constituintes são adicionados para manter pelo menos 18 constituintes no índice”.

Recomendadas

Tecnológicas em alta mas Wall Street fechou mista

Os ganhos que marcaram o início da sessão não se prolongaram, num dia em que o presidente dos EUA, Donald Trump, revelou que poderia adiar novo aumento às tarifas sobre as exportações chinesas desde que ambos os países chegassem a acordo.

Galp e papeleiras seguram PSI 20

As restantes praças europeias, à exceção da Bolsa de Frankfurt, encerraram no ‘vermelho’.

Acordo comercial quase concluído impulsiona Wall Street

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos Steve Mnuchin, disse que o acordo comercial com a China “está 90% completo” e indicou existir um caminho para o completar caso as duas maiores potências económicas recomecem.
Comentários