Eurostat: Economias da zona euro e UE crescem 2,6% no 3.º trimestre

As economias da zona euro e da União Europeia (UE) cresceram 2,6% no terceiro trimestre, face ao mesmo período de 2016, depois de uma subida homóloga de 2,4% no período anterior, divulga o Eurostat.

Já na variação em cadeia, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) abrandou para os 0,6% entre julho e setembro, quer na zona euro, quer na UE, depois de ter aumentado 0,7% no segundo trimestre.

Em termo homólogos, o PIB aumentou nos 26 países para os quais há dados disponíveis (de fora ficam a Irlanda e o Luxemburgo), com destaque para a Roménia (8,6%), Malta (7,7%), Letónia (6,2%), Polónia (5,2%) e República Checa (5,0%).

Face ao segundo trimestre, a Roménia (2,6%, Malta (1,9%), Letónia (1,5%) e Polónia (1,2%) registaram as maiores taxas de crescimento económico, havendo um recuo a assinalar: de -0,6% na Dinamarca.

Em Portugal o PIB aumentou 2,5% face ao terceiro trimestre de 2016 e 0,5% na comparação com o período entre julho e setembro.

Recomendadas

Mulheres são detentoras de 40% da riqueza mundial

A representação de mulheres tem aumentado nos últimos cinco a 10 anos. Destaca-se especialmente a Ásia, devido à ascensão da China, onde as mulheres têm uma maior participação de riqueza do que no resto da região.

Após oito anos de austeridade, Bruxelas aprova OE da Grécia sem cortes nas pensões

O governo grego pretende superar as metas de excedente primário pelo quinto ano consecutivo para estar em posição de evitar a implementação de medidas de austeridade acordadas com os credores.

Augusto Santos Silva: “Haverá condições para o Presidente da República visitar a China em breve”

O Ministro anunciou cinco projetos ao nível da cooperação Portugal – Macau e a criação de um Fundo de apoio a projetos comunitários de ciência e tecnologia.
Comentários