Everis Portugal vai apoiar startups. Conheça as 17 selecionadas

Chama-se LinkUp e é um novo programa de fomento ao empreendedorismo e apoio à internacionalização de startups nacionais: .

O formato é diferente do habitual. Numa primeira fase, a everis identificou e selecionou as empresas que vai apoiar, não ficando à espera de receber os empreendedores como geralmente acontece em iniciativas do género.

Nos próximos meses, a everis vai vai ajudar as 17 startups na definição e apresentação de soluções conjuntas ao mercado, aproveitando a rede internacional do grupo NTT DATA, que integra a consultora com presença em mais de 50 geografias.

Pretendemos apoiar estas startups, fazê-las crescer nos mercados internacionais e ao mesmo tempo integrar o espírito criativo e de inovação que estas startups podem acrescentar na nossa cultura”, vinca António Brandão de Vasconcelos, chairman da everis Portugal, em comunicado.

O programa Linkup concentra-se em três elementos-chave: Gerar negócio, tanto para a everis como para as startups; Criar uma ponte de colaboração entre o ecossistema de empreendedorismo nacional e o mercado internacional; e contribuir para o desenvolvimento de um sistema de partilha de cultura entre a consultora e os empreendedores.

As escolhas da everis recaíram em empresas com serviços assentes em propostas tecnológicas, com diferentes ângulos – desde projetos na área da saúde, banca, utilities, internet das coisas, cibersegurança, inteligência artificial ou machine learning no mercado industrial.

O processo de seleção passou por um roadshow que levou a everis às principais cidades do país, onde foi efetuado um levantamento criterioso dos projetos portugueses mais inovadores em linha com as principais áreas de negócio da consultora.

As selecionadas

Agentifai, ShiftForward, Crowdprocess, Loqr, Visor.Ai, Defined Crowd, ProDrone, Drivit, CardioID, FoundVet, BlueWorks, Enging, Glartek, Knok, Mapidea, Plux e Muzzley.

Ler mais
Recomendadas

Vai à Web Summit? Pode deixar moedas e notas em casa

A SIBS e a empresa-mãe da Web Summit renovaram a parceria pelo terceiro ano consecutivo.

António Mexia alerta empreendedores: “Vai mudar tudo. Haverá mais dados, mais descentralização, maior complexidade”

O presidente da EDP encontrou-se com as nove startups com as quais a elétrica está a desenvolver projetos-piloto. Lembrou os tempos em que era o único “não-guru” na sala, garantiu que as ‘utilities’ estão mais capazes de resistir a uma crise e aconselhou os jovens empresários a mostrar “total abertura e transparência” com os seus parceiros.

PremiumCigarros eletrónicos: Startup americana JUUL entra no mercado nacional

Empresa anuncia venda de produtos em Portugal a partir de outubro, com uma rede de quatro mil pontos de venda. Mercado nacional alternativo aos cigarros tradicionais vale 115 milhões por ano.
Comentários