Explosão de padaria em Paris provoca 20 feridos

As autoridades investigam uma fuga de gás na Rue de Trévise como a principal pista para explicar o sinistro na capital gaulesa.

A policeman walks by election posters near a polling station during the first round of 2017 French presidential election in Paris, France, April 23, 2017. REUTERS/Christian Hartmann

A forte explosão que aconteceu hoje de manhã numa padaria no 9.º bairro de Paris, capital de França, provocou pelo menos 20 feridos, segundo o canal de televisão público France 3, que cita uma fonte policial.

Entre as vítimas, duas pessoas estão em estado muito grave, sete em estado grave e 11 com ferimentos ligeiros.

O mesmo canal cita uma fonte policial que indica que um bombeiro estará desaparecido.

Segundo várias fontes, os bombeiros já estavam no local a combater as chamas quando ocorreu a explosão, pelo que haverá dois bombeiros entre os feridos graves.

As primeiras informações indicam que o que se passou, cerca das 09:00 da manhã em Paris (08:00 em Lisboa), foi um incêndio seguido de uma forte explosão. As autoridades investigam uma fuga de gás na Rue de Trévise como a principal pista para explicar o sinistro.

A explosão destruiu montras das redondezas e vidros de janelas de habitações.

Fonte oficial da secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas disse à Lusa que o Consulado de Paris está a monitorizar a situação e não há, até ao momento, informação de portugueses entre as vítimas.

A explosão aconteceu ao início de mais um dia de protestos em Paris do chamado movimento dos ‘coletes amarelos’, que se teme que pode degenerar em distúrbios.

Em toda a França estão mobilizados cerca de 80 mil polícias e agentes dos serviços de segurança.

Este é o nono sábado de mobilização contra o aumento dos combustíveis, por uma taxação mais justa e contra a queda do poder de compra.

A emblemática torre Eiffel estará fechada hoje, tal como uma dezena de museus em Paris, para prevenir qualquer impacto de uma possível manifestação marcada pela violência.

Ler mais
Relacionadas

Manifestação de coletes amarelos em Paris obriga a fechar Torre Eiffel e dezenas de museus

A emblemática torre Eiffel estará fechada este sábado, tal como uma dezena de museus em Paris, para prevenir qualquer impacto de uma possível manifestação marcada pela violência.
Recomendadas

Investimento estrangeiro: Macron ‘vende’ França como o país mais atrativo da Europa

Presidente francês convidou para o Palácio do Eliseu dezenas de empresários de topo em trânsito para Davos. O encontro, que faz parte de uma estratégia chamada ‘Escolha a França’, parece ter sido um sucesso.

Britânica Dyson deixa Londres e parte a caminho de Singapura

James Dyson, fundador da empresa de eletrodomésticos e um dos empresários que fez campanha em favor do Brexit, diz que a mudança tem apenas a ver com as inúmeras oportunidades que surgem na Ásia.

Quatro mulheres deixaram água e comida a migrantes. Foram condenadas nos EUA

Ativistas foram condenadas por um juiz norte-americano no final da semana passada. É a primeira sentença criminal por causas humanitárias no espaço de uma década.
Comentários