PremiumExportações nacionais desaceleram com greve dos estivadores

Contração da venda de bens ao exterior em novembro resultou maioritariamente da quebra nas exportações de automóveis. E a conjuntura preocupa as empresas

A greve dos estivadores entre 5 de novembro e 14 de dezembro do ano passado teve um forte impacto nas exportações, com o decréscimo das vendas ao exterior de automóveis para transportes de passageiros produzidos na Autoeuropa a penalizar a economia portuguesa.

Em novembro, as exportações de bens diminuíram 8,7%, em termos homólogos mensais, fixando-se em 4.759 milhões de euros, segundo dados divulgados esta semana pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

É oficial: o café está em risco de extinção

Alterações climáticas que se têm sentido nos últimos anos estão a afetar a produção de café.

Inquilinos esperam promulgação de alterações à lei das rendas

A Associação dos Inquilinos Lisbonenses (AIL) disse hoje à Lusa que espera que as alterações à legislação das rendas sejam promulgadas pelo Presidente da República, defendendo que estas podem ser “globalmente positivas”, mas também comportam aspetos negativos.

Reforma da supervisão financeira anunciada há quase dois anos continua por fazer

A reforma da supervisão financeira faz parte do programa do Governo, de finais de 2015, e logo em 2016 o ministro das Finanças, Mário Centeno, falou da necessidade de lançar uma “reflexão profunda” sobre a supervisão, para que “funcione melhor”, tendo em conta que “a experiência recente do sistema financeiro [português] é dececionante”.
Comentários