PremiumExportações nacionais desaceleram com greve dos estivadores

Contração da venda de bens ao exterior em novembro resultou maioritariamente da quebra nas exportações de automóveis. E a conjuntura preocupa as empresas

A greve dos estivadores entre 5 de novembro e 14 de dezembro do ano passado teve um forte impacto nas exportações, com o decréscimo das vendas ao exterior de automóveis para transportes de passageiros produzidos na Autoeuropa a penalizar a economia portuguesa.

Em novembro, as exportações de bens diminuíram 8,7%, em termos homólogos mensais, fixando-se em 4.759 milhões de euros, segundo dados divulgados esta semana pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Nuclear: Empresas donas de Almaraz não se entendem sobre o futuro da central

As proprietárias da central de Almaraz – Endesa, Iberdrola e Naturgy -, voltam a sentar-se hoje à mesa de negociações, no que é o quinto encontro desde novembro entre as três elétricas.

“Queremos comida”, gritam centenas na cidade da Beira após ciclone que atingiu Moçambique

O Idai, com fortes chuvas e ventos de até 170 quilómetros por hora, atingiu a Beira (centro de Moçambique) na quinta-feira à noite, deixando os cerca de 500 mil residentes na quarta maior cidade do país até hoje sem energia.

Presidente executivo do Novo Banco é ouvido hoje no Parlamento

O presidente executivo do Novo Banco é hoje ouvido na Assembleia de República, na Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa, no âmbito do requerimento apresentado pelo grupo parlamentar do PSD.
Comentários