Facebook Stories têm mais de 300 milhões de utilizadores

300 milhões de pessoas contam histórias através do Facebook.

No início deste ano, o Facebook começou a testar anúncios nas Stories para proporcionar às empresas outra forma de tirarem partido desta ferramenta para gerar os resultados que pretendem.

O Facebook anunciou esta quarta-feira que as Stories têm mais de 300 milhões de utilizadores. A rede social anunciou ainda que os anunciantes em todo o mundo têm a oportunidade de alcançar seu público-alvo com os anúncios do Facebook Stories.

Os anúncios nas Stories funcionam em ecrã completo, tornando “o conteúdo mais imersivo e proporcionando aos anunciantes a oportunidade de gerar resultados em todo o canal de marketing”.

As empresas também podem utilizar as Stories de páginas orgânicas para desenvolver ligações mais profundas com o público. As Stories surgem na parte superior do Feed de Notícias e os utilizadores podem ver uma história da página ao tocar na fotografia de perfil da página.

Segundo Irene Cano, Country Manager Ibéria do Facebook, “O lançamento dos anúncios no Facebook Stories está ligado à mudança de comportamento que vimos na plataforma. As pessoas usam as Stories cada vez mais para partilhar as suas experiências, pois é um formato especialmente visual que lhes permite libertar a sua criatividade. No Facebook, queremos ajudar a tornar essa experiência ainda mais enriquecedora não apenas para as pessoas, mas também para as marcas, que poderão alcançar os seus públicos de uma forma muito mais inovadora e eficaz”.

PCGuia
Ler mais
Recomendadas

Entornei líquido no meu portátil. O que posso fazer?

A menos que seja à prova de água, nenhum liquido faz bem ao seu portátil. Vejamos o que pode fazer se o pior acontecer.

Em busca dos segredos do Painel de Controlo do Windows

Para muitos é uma relíquia, para outros um mistério. O Painel de Controlo do Windows tem perdido protagonismo no sistema operativo, mas está na altura de voltarmos a este centro de operações que ainda esconde vários segredos e funcionalidades úteis.

EUA proibiram transações com as empresas donas da Tik Tok e WeChat

Além de uma ordem executiva da Casa Branca, também o senado norte-americano aprovou um projeto de lei que proíbe o download e a utilização da aplicação TikTok em telemóveis ou em outros dispositivos fornecidos pela Casa Branca aos seus funcionários ou membros do congresso.
Comentários