Falências milionárias valem 0,7% do PIB estimado para 2019

As maiores insolvências de particulares conhecidas atingiram, nos últimos anos, mais de 1,5 mil milhões de euros.

As maiores insolvências  de particulares conhecidas atingiram, nos últimos anos, mais de 1,5 mil milhões de euros, segundo as contas do “Jornal de Notícias” e “Dinheio Vivo” publicadas esta sexta-feira.

Usando o duplo critério da dimensão das dívidas e da importância social dos milionários falidos, as contas apresentadas apontam para um valor correspondente a 0,7% do Produto Interno Bruto português (PIB) previsto para 2019.

Na origem dos 1,5 mil milhões de euros, correspondentes às maiores insolvências particulares conhecidas, está a falência de grandes grupos económicos com a particularidade de que as maiores falências particulares ão figuras praticamente desconhecidas do grande público.

 

 

Recomendadas

OE2019: Proença diz que exclusão do futebol da redução de IVA é inexplicável

Em declarações enviadas por escrito à agência Lusa, Proença referiu-se à proposta de redução do imposto de valor acrescentado (IVA) de 13% para 6% em touradas, por parte do Partido Socialista, recordando uma audiência com o grupo parlamentar do PS em 31 de julho.

Diretiva dos Serviços de Pagamentos revista transposta para o ordenamento jurídico nacional. Saiba o que muda

O novo regime tem impacto na forma como os prestadores de serviços de pagamento disponibilizam os seus serviços, mas também no modo como particulares, empresas e Administração Pública efetuam pagamentos.

Autoeuropa tem oito mil carros para entregar e terá de recorrer a Leixões e portos espanhóis

De acordo com a empresa, trata-se de uma solução temporária, que permite minimizar os atrasos mas que não resolve o problema, porque não dá resposta às necessidades de escoamento da produção da fábrica de Palmela.
Comentários