Filadélfia impõe recolher obrigatório após tumultos por polícia matar afro-americano

As autoridades da cidade norte-americana de Filadélfia anunciaram hoje a instauração de um recolher obrigatório, entre as 21:00 e as 06:00, depois de duas noites de tumultos, provocados pela morte de um afro-americano pela polícia.

REUTERS/Lucas Jackson

As autoridades da cidade norte-americana de Filadélfia anunciaram hoje a instauração de um recolher obrigatório, entre as 21:00 e as 06:00, depois de duas noites de tumultos, provocados pela morte de um afro-americano pela polícia.

O anúncio foi feito na página eletrónica da autarquia. O Presidente norte-americano responsabilizou a presidente democrata da autarquia pela situação.

“O que vejo é terrível. E francamente, o autarca ou quem quer que tenha autorizado as pessoas a manifestarem-se e pilharem sem as parar, também é terrível”, declarou Donald Trump, a partir de Las Vegas, onde está a fazer campanha eleitoral, quando faltam seis dias para a eleição presidencial.

Os Estados Unidos realizam no dia 03 de novembro eleições presidenciais, em que o republicano Donald Trump concorre à reeleição contra o democrata Joe Biden.

Relacionadas

Joe Bidden votou antecipadamente no Estado de Delaware

Após um breve discurso sobre a pandemia de covid-19, o ex-vice-Presidente dos Estados Unidos, de 77 anos, líder nas sondagens, foi votar, acompanhado pela sua mulher Jill Biden.
Recomendadas

Covid-19: França com aumento de novos casos após 16.282 infetados nas últimas 24 horas

Apesar destes dados, o número de pessoas internadas está agora abaixo das 30 mil pela primeira vez desde 08 de novembro, sendo que 4.136 destas estão nos cuidados intensivos.

Filha de emigrantes, ministra francesa mantém “laços extremamente profundos” com Cabo Verde

Com um percurso de mais de 30 anos no setor privado onde passou por várias empresas do ramo tecnológico como a Dell, Lenovo e Hewlett-Packard, Elisabeth Moreno aceitou este verão o convite do então recém-designado primeiro-ministro, Jean Castex, para integrar o Governo. Um desafio perante o qual não hesitou.

Brasil reduz défice externo em 82,3% entre janeiro e outubro

Nos últimos 12 meses até outubro, o défice nas transações externas totalizou 15,3 mil milhões de dólares (12,8 mil milhões de euros), o equivalente a 1,04% do Produto Interno Bruto (PIB), o menor saldo acumulado desde fevereiro de 2018 (0,97% do PIB).
Comentários