Fileira do pinho: Um setor em risco que vale 3.900 milhões e 3% das exportações

O Centro Pinus, responsável pela promoção da fileira do pinho em Portugal, considera que o volume de negócios das indústrias da fileira atingiu 3.886 milhões de euros, dos quais 1.709 milhões foram para exportações. Aliás, a fileira é responsável por 3,1% do total das exportações nacionais e por 53.627 empregos diretos em 9.914 empresas. Outra forma de perceber a relevância da fileira do pinho é verificar que 46% do volume de negócios das indústrias de toda a fileira florestal nacional são gerados pelo pinho, que garante 78% dos empregos e 90% das empresas industriais da floresta portuguesa.

Recomendadas

Lucros da Semapa sobem quase 7% para mais de 130 milhões de euros

Os lucros atribuíveis aos acionistas atingiu os 132,6 milhões de euros, o que, face a 2017, representa um aumento de 6,8%. Entre os diferentes segmentos de negócio, foi a pasta e papel foi que mais contribuiu para o crescimento do EBITDA da holding, com 455,2 milhões de euros, o que representa um crescimento de 12,7% face a 2017.

Siderurgia Nacional afirma que nada na sua produção justifica poluição em Paio Pires

O diretor de relações institucionais da Siderurgia Nacional (SN-Seixal) afirmou hoje que não ocorreu nada de “anormal” no processo produtivo da empresa que justifique as poeiras negras e brancas na Aldeia de Paio Pires, no Seixal, distrito de Setúbal.

Donos da Herdade das Servas investem nos vinhos verdes

Irmãos Serrano Mira adquirem solar erguido em 1540 pelo poeta e humanista Francisco Sá de Miranda.
Comentários