Forças de segurança venezuelanas realizam buscas nas casas de apoiantes de Guaidó

No país residem cerca de 300.000 portugueses ou lusodescendentes. Os mais recentes dados das Nações Unidas estimam que o número atual de refugiados e migrantes da Venezuela em todo o mundo se situa nos 3,4 milhões. Só no ano passado, em média, cerca de 5.000 pessoas terão deixado diariamente a Venezuela para procurar proteção ou melhores condições de vida.

Juan Guaidó

As forças de segurança venezuelanas realizaram buscas nas casas de dois importantes apoiantes do líder da oposição, Juan Guaidó, que está a promover uma campanha para a saída do Presidente Nicolás Maduro e a convocação de eleições.

Hoje, agentes dos serviços de informação venezuelanos realizaram uma busca na casa do deputado da oposição Sergio Vergara e na de Roberto Marrero, um advogado que lidera o gabinete de Guaidó.

Os dois homens acompanharam Guaidó numa viagem recente a países da América Latina para aumentar o apoio internacional aos seus esforços para remover Maduro da Presidência venezuelana.

Guaidó confirmou a operação contra os seus apoiantes numa mensagem na rede social Twitter.

Vergara também publicou uma mensagem na mesma rede social sobre este episódio e referiu que as forças de segurança venezuelanas estavam a violar a sua imunidade parlamentar.

Os Estados Unidos e cerca de 50 países da comunidade internacional, incluindo Portugal, reconheceram o opositor e presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, como Presidente interino da Venezuela, negando a legitimidade do governo liderado pelo Presidente Nicolás Maduro.

Na Venezuela, a confrontação entre as duas fações tem tido repercussões políticas, económicas e humanitárias.

No país residem cerca de 300.000 portugueses ou lusodescendentes.

Os mais recentes dados das Nações Unidas estimam que o número atual de refugiados e migrantes da Venezuela em todo o mundo se situa nos 3,4 milhões.

guaidó

Ler mais
Relacionadas

Português fundador de partido de Guaidó diz lutar por uma Venezuela melhor

Há uma década, em conjunto com o político opositor Leopoldo López, fundou o partido Vontade Popular, o mesmo do autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, que considera “uma pessoa jovem e profissional”.

Venezuela: 12 das 24 regiões do país estão novamente às escuras

No início do mês, um apagão deixou o país sem energia durante uma semana.

Produção de “ouro negro” na Venezuela desce para o nível de há 30 anos

A Venezuela tem visto a produção de petróleo cair nas últimas três décadas, mas o país possui as maiores reservas do mundo.
Recomendadas

Assista ao discurso de Ursula von der Leyen no Parlamento Europeu

A nome da candidata alemã vai ser hoje votado pelos eurodeputados para presidente da Comissão Europeia. Assista ao discurso inicial da política alemã, que teve lugar antes do debate e votação.

Parlamento Europeu escolhe entre Ursula von der Leyen e a crise política

Voto secreto e difícil conciliação das diversas famílias políticas aumentam suspense quanto ao veredicto do Parlamento Europeu. Chumbo da ainda ministra da Defesa da Alemanha daria um mês para os Estados-membros encontrarem uma nova solução.

Respostas Rápidas: A que se deve o impasse para formar governo em Espanha?

Três meses depois, as negociações para formar governo em Espanha ainda não chegaram a bom porto. Investidura na próxima semana parece cada vez mais longe de se concretizar.
Comentários