Ford contraria Trump e vai manter produção de ‘crossover’ na China

O crossover, Focus Active, da China não será vendido nos EUA devido às altas tarifas.

O Presidente Donald Trump, anunciou na rede social, Twitter, que a construtora norte-americana, Ford, irá vender o crossover chinês, Focus Active, em território americano. No entanto, a empresa já veio a público negar essa pretensão.

 

“Não seria lucrativo vender o Focus Active nos EUA”, já que as previsões de vendas anuais do veículo estão abaixo das 50 mil unidades, disse Jon Gabrielsen, um economista de mercado especializado na indústria automobilística, ao Detroit Free Press.

A 31 de agosto, a empresa cancelou os planos de importação do veículo em questão da China, devido às altas taxas. Mas isso apenas significa que o carro não irá ser vendido em território americano. Este modelo irá estar disponível nas restantes partes do mundo, assegura a empresa.

 

Ler mais
Relacionadas

Fiat acusa empresa indiana de violação de patentes

A construtora italiana acusa a Mahindra de violar direitos de propriedade intelectual relacionados com clássico Jeep, que faz parte, atualmente, do portefólio da Fiat.

Indústria automóvel diz que estudo sobre manipulação no consumo dos carros não “reflete realidade atual”

A Associação de Fabricantes para a Indústria Automóvel argumenta que a nova legislação WLTP, que entra em vigor em setembro, irá “corrigir” diferenças nos consumos. Em causa está o estudo da Federação Europeia dos Transportes e Ambiental que concluiu que, entre 2000 e 2017, os portugueses foram defraudados em 1,6 mil milhões de euros em combustível extra.
Recomendadas

Governo avança com lei que permite aos bancos contabilizar como custo fiscal as novas imparidades

“A presente alteração visa sanar a divergência entre os sistemas contabilísticos e fiscais no que respeita ao tratamento de perdas por imparidades associadas a operações de crédito. Prevêem-se ainda regras disciplinadoras para as perdas por imparidade registadas nos períodos de tributação com início anterior a 1 de janeiro de 2019, e ainda não aceites fiscalmente”, diz o último comunicado do Conselho de Ministros

BPI vence Prémio Cinco Estrelas na categoria de Banca Digital

O BPI é líder na penetração do homebanking, com quase metade dos seus clientes particulares a serem utilizadores deste canal. O mesmo acontece no caso dos clientes empresariais, em que 84,5% usam os canais digitais do Banco. Isto segundo o estudo BASEF Banca relativo ao período de fevereiro a agosto de 2018.

Fever vai investir cinco milhões em co-organização de eventos em Portugal

A ronda de financiamento contou também com a participação dos já investidores Accel Partners e 14W Ventures, além da Portugal Ventures e da Caixa Capital.
Comentários