França e Croácia: estrelas e curiosidades de uma final que o mundo nunca viu

e

Franceses e croatas defrontam-se domingo em Moscovo com 1998 em mente. Foi no Mundial ‘francês’ que os ‘bleus’ se sagraram campeões do mundo pela primeira e última vez, depois de eliminarem a super-Croácia nas meias-finais.

FIFA World Cup Russia 2018
Ler mais

Os franceses tentam conquistar um título que lhes foge desde 1998, quando conquistaram o Mundial diante do seu público. Nas fases a eliminar, os ‘bleus’ eliminaram a Argentina por 4-3, o Uruguai por 2-0 e a Bélgica por 1-0.

A Croácia chega a esta final depois de ter ultrapassado a Inglaterra no prolongamento, a anfitriã Rússia nas grandes penalidades nos quartos-de-final, depois de um empate a 2-2 no fim dos 120’. De relembrar que os croatas venceram a Dinamarca nos oitavos-de-final do Mundial.

As estrelas

França: O ataque liderado por Antoine Griezzman promete ser uma ‘dor de cabeça’ para a defesa belga. O meio-campo é comandado por Paul Pogba, enquanto na defesa o jovem lateral direito Benjamin Pavard, tem sido uma das grandes revelações deste mundial, tendo inclusivamente marcado na vitória contra a Argentina, nos quartos-de-final.

O médio Luka Modric é a figura de maior destaque e ajudou a sua seleção a chegar a uma fase inédita para os croatas. Pelos pés do jogador do Real Madrid, que já conquistou a Liga dos Campeões esta temporada, passa toda a dinâmica ofensiva do futebol croata.

Os ‘homens-do-leme’

Didier Deschamps, finalista vencido do Europeu 2016, que Portugal conquistou em Paris, pode levar a França ao segundo título mundial, vinte anos depois de o ter feito como jogador.

No lado da Croácia, o selecionador Zlatko Dalic tem a sua primeira experiência como treinador principal, depois de ter sido técnico-adjunto da seleção de sub-21.

Curiosidades

Esta é a primeira final da Croácia. A última vez que a Croácia chegou tão longe num Mundial foi a uma meia-final do Campeonato do Mundo em 1998, quando foi eliminada pela seleção vencedora dessa edição, a França, por 2-1. Em 2018, Luka Modric e Rakitic tentam levar a seleção a outro patamar.

Recomendadas

Juncker diz que Bruxelas pouco pode fazer na OPA sobre a EDP e defende nova regulação

“A Comissão está a par e está a seguir os desenvolvimentos relativamente à oferta da China Three Gorges Corporation para aumentar a sua participação e adquirir a maioria do capital na EDP”, diz Jean Claude Juncker, em resposta a uma carta da eurodeputada Ana Gomes.

Portugal é o 15º país com maior taxa de tráfego aéreo entre os 32 participantes no Mundial

No que diz respeito ao número de voos com origem em cada país, Inglaterra surge na liderança, com um total de 3.037 voos, seguida do Japão (3.037) e da Alemanha (2.967). França fica-se pelo sétimo lugar. Portugal situa-se na décima quinta posição, com um total de 659 partidas dos seus aeroportos por dia.

Rússia sofreu 25 milhões de ciberataques durante o campeonato do mundo, segundo Putin

O anúncio foi feito pelo presidente Vladimir Putin no último domingo durante um encontro com os serviços secretos do país.
Comentários