Funchal é invadido pelas sonoridades do Jazz, Jazzmeia Horn, nomeada aos Grammy, abre festival

O Funchal Jazz começa esta quinta-feira no Parque de Santa Catarina. No cartaz estão ainda Vijay Iyer, Chris Potter, Joshua Redman e Dave Holland.

O Funchal Jazz chega à cidade esta quinta-feira e promete encher o Parque de Santa Catarina com o que de melhor se faz neste estilo musical. Jazzmeia Horn, que já foi nomeada para os Grammy, abre o festival como cabeça de cartaz.

O evento, que se realiza no Parque de Santa Catarina, até sábado, tem um cartaz prometedor que vai evidenciar o que de melhor se faz a nível internacional e nacional na área do jazz. Esta quinta-feira o cartaz é da responsabilidade de Ricardo Toscano Quarteto e ainda de Jazzmeia Horn, uma cantora norte-americana, que já foi nomeada aos Grammy, um dos eventos de prémios mais reconhecidos na área musical.

Na sexta-feira sobem a palco Vijay Iyer seguido por Billy Hart Quartet feat Joshua Redman, e no sábado, dia de encerramento do festival, o espectáculo prossegue com ‘Dave Holland, Zakir Husaain, Chris Potter trio’ e ainda com Jason Moran & The Bandwagon.

O Funchal Jazz atrai músicos que já tiveram o seu trabalho reconhecido pela Jazz Journalist Association e publicações como o New York Times, Time, New York Fundations of Arts, The New Yorker.

Os cabeças de cartaz actuam no Parque de Santa Catarina a partir das 21h30.

Recomendadas

Projeto Macaronight chega à Madeira para aproximar ciência da população

Entre os destaques do evento está uma corrida de robots para famílias. O projeto envolve a Madeira, Açores, Gran Canaria e Tenerife e tem financiamento europeu.

Funchal recebe reunião do grupo geopolítico dos 12+

O plano e orçamento, a crise migratório, e a situação da Venezuela, serão alguns dos temas discutidos na reunião da União Interparlamentar (UIP).

Governo da Madeira anuncia apoio para passes de estudantes

O presidente do Governo da Madeira anunciou hoje que vai ser incluída no Orçamento Regional de 2019 uma verba para apoiar os passes de estudantes nos transportes públicos urbanos e interurbanos, que abrangerá “todas as famílias” da região.
Comentários