Fundação de Serralves e a CP estabelecem parceria que dá descontos a quem viajar para visitar o museu

Os interessados usufruem de descontos até 25% em Alfa Pendular e Intercidades, ao apresentar um bilhete de entrada em Serralves, bem como de um desconto de 25% nos ingressos da Fundação Serralves, mediante a apresentação do título de transporte CP da CP.

A Fundação de Serralves e a CP estabeleceram uma parceria que permite descontos a quem viajar no Alfa Pendular ou no Intercidades e tenha como destino a cidade do Porto para visitar o museu, a casa ou o parque da Fundação de Serralves.

Os interessados usufruem de descontos até 25% em Alfa Pendular e Intercidades, ao apresentar um bilhete de entrada em Serralves, bem como de um desconto de 25% nos ingressos da Fundação Serralves, mediante a apresentação do título de transporte CP da CP.

Esta parceria pretende “tornar a arte mais acessível a todos portugueses e aos estrangeiros que visitam o nosso país”.

O comunicado diz que “a Fundação de Serralves, das instituições culturais e artísticas mais relevantes nacional e internacionalmente, e a CP estabeleceram uma parceria que permite descontos a quem viajar no Alfa Pendular ou no Intercidades e tenha como destino a cidade do Porto para visitar o museu, a casa ou o parque da Fundação de Serralves”.

A mesma nota acrescenta que “é uma oportunidade que é dada a todos aqueles que optem pelo comboio para se deslocar até ao Porto e que tenham como objetivo visitar as instalações das Fundação de Serralves que comemora este ano 30 anos de existência”.

 

Ler mais
Recomendadas

Casal de influenciadores admite que a mãe financia estilo de vida

Foi quando atingiram os 200 euros no fundo, que Catalin admitiu que a mãe os estava a financiar. “Até este momento, a minha mãe está a financiar-nos. Ela tem dois trabalhos e não tem muito para ela”, disse.

Chernobyl como nunca viu e contado por quem o viveu

Um ex-trabalhador diz a série capta, com grande precisão, o clima e as emoções nos momentos que se seguiram à explosão. “A catástrofe é descrita de uma forma bastante poderosa, como uma tragédia global que afetou um grande número de pessoas”, explicou à BBC.
Ian Langsdon / EPA

Multimilionários prometeram milhões para reconstruir Notre Dame. O dinheiro ainda não chegou

As duas grandes empresas foram contactadas, posteriormente, pela ‘Associated Press’ sobre a falha em cumprir as promessas da doação do dinheiro, e as empresas sublinharam que ainda o pretendiam fazer.
Comentários