Galp, Mota-Engil, BCP e Navigator impulsionam bolsa de Lisboa

Em Lisboa, catorze empresas cotadas valorizam, duas desvalorizam e outras duas negoceiam sem variação.

O principal índice bolsista português (PSI 20) soma 0,54%, para 5.001,81 pontos, em linha com as principais praças europeias esta terça-feira, 15 de outubro. Em Lisboa, catorze empresas cotadas valorizam, duas desvalorizam e outras duas negoceiam sem variação.

Este movimento altista da bolsa nacional, em linha com o Velho Continente, é impulsionado pelos títulos da Galp (1,18%), da Mota-Engil (1,01%), do BCP (1,09%) e das papeleiras Navigator (1,04%), Altri (0,65%) e Semapa (0,32%).

Em contraciclo, apenas negoceiam Ibersol e Ramada.

Entre as principais praças europeias “o verde marca a sessão”, aponta o MTrader do Millennium BCP, Ramiro Loureiro. Esta terça-feira, arranca a época de resultados relativos ao terceiro trimestre nos Estados Unidos, “com grande expectativa em perceber qual o desempenho das empresas num ambiente de arrefecimento económico”, o que também deverá influenciar a sessão na Europa.

Os investidores europeus também reagem às sanções impostas pelos EUA à Turquia. Os EUA avançaram com a imposição de sanções contra ministros turcos, agravando as tarifas sobre o aço para 50% e suspendendo as negociações em torno de um acordo comercial com aquele país. Em causa estão os ataques feitos pela Turquia aos combatentes curdos e civis na Síria.

Recomendadas

Prejuízo da Farfetch aumenta 10,6% para 85,5 milhões de dólares no terceiro trimestre

A empresa liderada por José Neves alargou novamente o prejuízo face ao período homólogo apesar de um disparo de 90% nas receitas. Salientou, no entanto, que superou o ‘guidance’, tanto no volume de negócios da plataforma digital como na margem EBITDA e que tem um ‘outlook’ positivo para o último trimestre do ano.

Wall Street: S&P 500 bate novo recorde

O principal índice bolsista, ou um deles, voltou a registar um recorde em alta, apesar de ter crescido apenas marginalmente. Mas os restantes índices não conseguiram acompanhar o bom momento do S&P 500.

EDP Renováveis e Sonae SGPS levam PSI 20 ao ‘vermelho’ no fecho da sessão

Praça lisboeta fechou a sessão desta quinta-feira com uma descida de 0,36% para 5.274,43 pontos, seguindo a tendência das suas congéneres europeias.
Comentários