Ganhos modestos marcam abertura em Wall Street

Na abertura, o Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq 100 estavam a valorizar 0,43%, 0,45% e 0,35% respetivamente.

Reuters

As ações norte-americanas abriram com ganhos pouco significativos esta sexta-feira, o que demonstra um otimismo moderado após o presidente Donald Trump ter previsto um desfecho em breve para a ‘guerra’ de tarifas comerciais com a China e a suavização na relação com das autoridades norte-americanas com a Huawei.

Na abertura, o Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq 100 estavam a valorizar 0,43%, 0,45% e 0,35% respetivamente.

Esta quinta-feira, Donald Trump sugeriu que a Huawei pode ser incluída no acordo entre EUA e China relativamente à ‘guerra comercial’. As tréguas dos EUA, por 90 dias, à Huawei permitiram ao mercado respirar um pouco depois das quedas desde o início de maio. A empresa de telemóveis chinesa, a Huawei, é neste momento a principal arma de arremesso na guerra comercial entre os EUA e a China. Donald Trump colocou a Huawei na lista negra, o que levou a Google e as empresas fabricantes de chips a suspenderem os negócios com a empresa chinesa.

A Huawei pode perder o acesso ao Android, Play Store e apps do Google. As administrações das empresas americanas fabricantes de chips Qualcomm, Intel, Xilinx e Broadcom poderão suspender as encomendas para a Huawei.  Devido a esse facto, as tecnológicas norte-americanas sofreram fortes quedas no início da semana, mas recuperadas na sessão seguinte.

 

 

Ler mais
Relacionadas

Mercados respiram com tréguas dos EUA à Huawei

Esta semana registaram-se mínimos históricos na rentabilidade das obrigações do tesouro português, abaixo de 1%.
Recomendadas

Irão enerva Wall Street

Foi um final de semana tremido para a bolsa nova-iorquina com os três principais índices a fechar no vermelho.

BCP arrasta Bolsa de Lisboa para perdas. Europa fecha mista

Segundo o Eurostat Portugal continua a apresentar a terceira maior dívida pública (123,0% do PIB), depois da Grécia (181,9%) e da Itália (134,0%). Isto penalizou sobretudo bolsa italiana e a dívida soberana de Itália. No PSI 20 a queda de mais de 2% do BCP é justificada em parte pelo facto de o DjStoxx Banks ter a pior performance do dia.

PremiumPowell vai decidir quanto poderá correr o ‘touro’ de Wall Street

Os índices bolsistas norte-americanos não descolam de máximos e aguardam apenas o ‘OK’ da Fed no dia 31 para voarem mais alto com juros mais baixos. Nem a estagnação dos lucros reduz expetativas.
Comentários