GESBA e Secretaria das Infraestruturas entre as mais ativas em adjudicações no início de 2019

Em conjunto e através de quatro adjudicações o valor dos contratos atingem os 897 mil euros. As câmaras municipais do Funchal e de Santana estiveram entre as mais ativas no que diz respeito aos montantes a que foram contratados os respetivos serviços.

A Empresa de Gestão do Setor da Banana (GESBA) e a Secretaria Regional dos Equipamentos e Infraestruturas estão entre as entidades mais ativas no que respeita à adjudicação de contratos, no início de 2019, pelo menos no que diz respeito aos montantes dessas mesmas operações, de acordo com os dados da Base de Dados de Contratos Públicos.

O valor dos dois contratos adjudicados pela GESBA atinge os 554 mil euros destinados à aquisição de seguros. Já a Secretaria Regional dos Equipamentos e Infraestruturas adjudicou dois contratos que totalizam 343 mil euros, descritos como riscos em encostas e para a fiscalização da obra reconstrução da Estrada Regional 102 Camacha/ santo antónio da serra.

De salientar também a Câmara Municipal de Santana adjudicou contratos no valor de 290 mil euros, para as concessões do serviço público de tratamento de águas residuais e para o transporte de resíduos sólidos urbanos.

O Serviço Regional de Saúde (SESARAM) foi responsável pela adjudicação de cinco contratos, neste início de 2019, que totalizam 126 mil euros.

A Câmara Municipal do Funchal esteve também entre as mais ativas neste início de 2019, com a adjudicação de quatro contratos, numa verba que atinge os 137 mil euros.

Como curiosidade a vice-presidência do Governo Regional foi responsável pela adjudicação de um contrato no valor de 97 mil euros descrito como aquisição e fornecimento e montagem e desmontagem de estantes móveis para a reorganização e modernização do arquivo da Autoridade Tributária.

De referir que foi levado em conta a data em que foi publicado o respetivo contrato de adjudicação na base de dados pública.

Ler mais
Recomendadas

O ensino profissional deve estar aliado às empresas, sublinha Albuquerque

Em entrevista ao Económico Madeira, o Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, além de falar nas mais-valias da ligação entre o ensino profissional e as empresas, diz que quer criar um cluster de empresas tecnológicas na Madeira. O único impasse é o Estado português.

Secretária Regional da Cultura diz que vai dar prioridade a preservação do património imaterial da Madeira

Paula Cabaço destacou o trabalho que tem sido feito nos diversos museus da Região, bem como no Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira, com exposições temporárias itinerantes, projetos, oficinas e publicações.

Desemprego registado desce 2,8% na Madeira

A Madeira registou aumentos nas oferta de emprego, desempregados inscritos, nas ofertas de emprego recebidas, e nas colocações efetuadas.
Comentários