Gómez-Acebo & Pombo cresce 6% em 2017

A sociedade de advogados atingiu os 60,2 milhões de euros de volume de negócios

A Gómez-Acebo & Pombo atingiu os 60,2 milhões de euros de volume de negócios em 2017, o que representa um crescimento de 6% face ao ano anterior (56,8 milhões de euros).

Segundo os últimos dados da firma, com nove escritórios – Barcelona, Bilbau, Bruxelas, Lisboa, Londres, Madrid, Nova Iorque, Valência e Vigo -, a faturação por sócio aumentou 14% comparativamente aos números observados em 2016 e o crescimento da faturação por advogado subiu 12% em relação ao ano antecedente.

“Os resultados refletem uma clara melhoria do rendimento da sociedade e confirmam o crescimento assente em bases sólidas que permitem olhar para o futuro com otimismo”, destaca Carlos Rueda, sócio diretor da Gómez-Acebo & Pombo.

Recomendadas

Ordem dos Advogados propõe quotas mais baixas e novo escalão para mais novos

Consulte aqui os valores propostos para o próximo ano, a entrar em vigor a partir de 1 de janeiro de 2019. Segundo esta entidade, a decisão deve-se à “reivindicação” dos profissionais devido ao “elevado valor das quotas dos seus associados individuais”.

Ordem dos Advogados propõe redução de quotas em 2019

A Ordem dos Advogados elaborou uma proposta de redução anual das quotas dos advogados num total de 1,2 milhões de euros, que será discutida em assembleia geral extraordinária a 15 de outubro.

Sonae pretende colocar 25% do negócio do retalho em bolsa

A IPO será composta por uma oferta pública a investidores qualificados e não qualificados em Portugal, bem como uma oferta particular internacional a investidores institucionais, anunciou a retalhista.
Comentários