GoParity, a startup que permite aos utilizadores reverter juros de investimento para conta bancária

A app lançou lançou um Plano de Poupanças Sustentável para investimentos que permite aos utilizadores reverter os juros para uma conta poupança. Segundo as estimativas da startup, esta ação pode render até 8% do investimento realizado, sendo possível levantar o valor a qualquer altura, cancelar o plano ou criar novos.

A plataforma nacional de investimento sustentável GoParity já somou mais de 8.200 investidores nos primeiros três anos de atividade.

A empresa, que conseguiu a primeira licença de intermediação em financiamento colaborativo pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), já permitiu o financiamento de mais de 3,1 milhões de euros em áreas que vão das energias renováveis, ao turismo sustentável, à economia azul, à mobilidade elétrica, desenvolvimento rural, reflorestação, ou economia circular no Brasil, na Colômbia, no Peru e no Uganda.

Ao Jornal Económico, o CEO da startup conta que, mesmo em tempo de pandemia, preparam-se para investir em projetos em Espanha e no Congo.

“Apesar de, nos meses de abril e maio, a empresa ter sentido uma queda no investimento, em junho e julho voltámos aos níveis anteriores e os meses de setembro e outubro foram os melhores de sempre em termos de montante investido e novos investidores”, conta Nuno Brito Jorge.

Segundo o responsável, esta crescente aposta no investimento “verde” reflete uma tendência global que se tem verificado no mundo dos investimentos. Apesar da queda neste tipo de financiamento, “as pessoas parecem estar mais conscientes sobre a decisão de onde colocar o seu dinheiro”, considera o CEO.

Para assinalar o Dia Mundial da Poupança, no passado dia 31 de outubro, a GoPartiy lançou lançou um Plano de Poupanças Sustentável para investimentos. Com esta nova funcionalidade qualquer pessoa pode, para além de investir o seu dinheiro em projetos alinhados com os 17 Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável da ONU e obter os juros com o investimento, revertê-los para uma conta poupança e colocar mensalmente dinheiro de lado. Segundo as estimativas da startup, esta ação pode render até 8% do investimento realizado, sendo possível levantar o valor a qualquer altura, cancelar o plano ou criar novos.

Brito Jorge realça que os projetos financiados pela GoParity têm muitas vezes dificuldade em obter financiamento através da banca tradicional “devido à elevada burocracia, complexidade e/ou tempo de resposta”.

“Se já antes, estes projetos tinham um papel importantíssimo na criação de uma economia sustentável, agora, mais do que nunca o seu papel e o da sociedade civil são fundamentais para garantir uma recuperação sustentável a nível social e ambiental”, reforça o responsável.

Ler mais
Recomendadas

Rede Nacional de Expressos reforça ligações em todo o território nacional

Os responsáveis da empresa criticam o facto de Portugal ser atualmente “o único país da União Europeia com este constrangimento de dois terços da lotação do transporte rodoviário, divergindo dos procedimentos europeus e criando dificuldades logísticas e financeiras ao nível do transporte nacional e internacional”.

Regulador europeu reconhece ligação entre vacina da Johnson & Johnson e formação de coágulos sanguíneos

A Agência Europeia do Medicamento concluiu que há uma possível relação entre a formação de coágulos sanguíneos e a administração da vacina da Janssen. Ainda assim, o regulador frisa que os benefícios são superiores aos riscos e que os casos reportados são “muito raros”.

França é o primeiro país da UE a avançar com testes ao certificado digital de vacinação

Caso os ensaios corram bem, o sistema poderá ser adotado para permitir a entrada em eventos ao ar livre, nomeadamente, concertos, festivais e até feiras. Bruxelas espera ter o documento disponível para toda a Europa partir de 21 de junho.
Comentários