Governo alemão enfrenta défice orçamental de 100 mil milhões até 2023

O Governo alemão registou um superávit orçamental de cerca de 11 mil milhões de euros em 2018, com um forte crescimento económico que impulsionou as receitas fiscais.

O Governo alemão enfrenta um défice orçamental de cerca de 100 mil milhões de euros para os seus planos orçamentais até 2023, revela o “Der Spiegel” esta sexta-feira, de acordo com um artigo de especialistas do grupo parlamentar de conservadores da chanceler Angela Merkel.

O Governo germânico registou um superávit orçamental de cerca de 11 mil milhões de euros no ano passado, com um forte crescimento económico que impulsionou as receitas fiscais.

No entanto, o aumento esperado das despesas com a ajuda ao desenvolvimento, as contribuições da União Europeia e os gastos com a defesa representam um risco orçamental até 2023, uma vez que os mesmos ainda não foram financiados, acrescenta o jornal alemão.

Recomendadas

É oficial: o café está em risco de extinção

Alterações climáticas que se têm sentido nos últimos anos estão a afetar a produção de café.

Inquilinos esperam promulgação de alterações à lei das rendas

A Associação dos Inquilinos Lisbonenses (AIL) disse hoje à Lusa que espera que as alterações à legislação das rendas sejam promulgadas pelo Presidente da República, defendendo que estas podem ser “globalmente positivas”, mas também comportam aspetos negativos.

Reforma da supervisão financeira anunciada há quase dois anos continua por fazer

A reforma da supervisão financeira faz parte do programa do Governo, de finais de 2015, e logo em 2016 o ministro das Finanças, Mário Centeno, falou da necessidade de lançar uma “reflexão profunda” sobre a supervisão, para que “funcione melhor”, tendo em conta que “a experiência recente do sistema financeiro [português] é dececionante”.
Comentários