Governo assina hoje acordo de investimento para novo aeroporto

Investimento deverá rondar cerca de 1,1 mil milhões de euros, sendo integralmente custeado pela Vinci, incluindo não apenas estes dois aeroportos, mas também as infraestruturas de acessibilidades e as indemnizações à Força Aérea para sair da base aérea do Montijo.

O Governo vai assinar hoje, dia 8 de janeiro, na base aérea do Montijo, o memorando de entendimento com o grupo francês Vinci, detentor da concessão da ANA, para o modelo de financiamento do investimento no novo aeroporto do Montijo e para a ampliação do aeroporto Humberto Delgado.

Segundo diversas fontes ligada ao processo, o investimento deverá rondar cerca de 1,1 mil milhões de euros, sendo integralmente custeado pela Vinci, incluindo não apenas estes dois aeroportos, mas também as infraestruturas de acessibilidades e as indemnizações à Força Aérea para sair da base aérea do Montijo.

Este acordo é assinado, mas as obras no Montijo só poderão avançar depois de uma parecer favorável da APA – Agência Portuguesa do Ambiente sobre o respetivo estudo de impacto ambiental.

No passado domingo, dia 6 de janeiro, Francisco Ferreira, presidente da associação ambientalista Zero, anunciou que vai apresentar à Comissão Europeia uma queixa contra o Estado português, exigindo a realização de uma avaliação ambiental estratégica relativa aos investimentos nestes dois aeroportos da região da Grande Lisboa.

A cerimónia contará com a presença de Pedro Marques, ministro do Planeamento e das Infraestruturas.

Recomendadas

Inquérito/Energia: Vieira da Silva delegou em Zorrinho mas subscreve decisões

Vieira da Silva disse ainda “não ter dúvidas” de que “estrategicamente, teria sido vantajoso permanência do Estado na REN”, e adianta que “várias das medidas que o governo teve de tomar foram decididas num quadro de emergência.

Moody´s espera que o Novo Banco e outros bancos concluam algumas alienações de ativos imobiliários em 2019

Enquanto esta tendência é positiva e as perspectivas são favoráveis ​​para 2019, o rácio de NPL médio dos bancos em Portugal ainda é muito fraco em comparação com a média da União Europeia  que era de 3,4% (em setembro de 2018).

easyJet estabelece acordo de ‘code share’ com Cathay Pacific

Com o acordo hoje, dia 21 de janeiro, anunciado, a partir das próximas semanas, os clientes da easyJet poderão voar para Hong Kong a partir do aeroporto de Gatwick (Londres).
Comentários