Governo avança com sociedades de investimento em imóveis este ano

A introdução dos fundos de investimento em imobiliário, que normalmente são cotados em bolsa, irá possibilitar um crescimento mais sustentável do mercado, segundo o ministro Pedro Siza Vieira.

Cristina Bernardo

O Governo português está a planear apresentar uma proposta de lei para a criação de sociedades de investimento em imobiliário ou Real Estate Investment Trust (REIT) ainda este ano. O anúncio foi feito pelo ministro adjunto, Pedro Siza Veira, esta terça-feira no Portugal Real Estate Summit, segundo noticia a agência Bloomberg.

“Queremos trazer uma abordagem mais profissional à gestão de propriedades e assegurar que aumentamos a oferta de arrendamento”, disse Pedro Siza Vieira, à Bloomberg. “A legislação estará pronta antes do final do ano, para os REIT começarem a operar no próximo ano”.

A introdução dos fundos de investimento em imobiliário, que normalmente são cotados em bolsa, irá fomentar um mercado, já em condições favoráveis, segundo o governante.

A expetativa do Executivo liderado por António Costa é que os REIT atraiam mais investimento para o mercado nacional, mas também que permitam aumentar a oferta de arrendamento, numa altura em que os preços das habitações dispararam para máximos criando dificuldades para os residentes no centro de Lisboa.

A falta de habitações a valores comportáveis para os salários portugueses nos maiores centros urbanos é uma “preocupação” para Siza Vieira. “Sabemos que é um fenómeno global – que os preços estão a subir nos centros das cidade – o que cria um problema social”, disse, acrescentando que a proposta dos REIT é também uma forma de combater esse problema, sem limitar o boom do setor.

 

Ler mais
Relacionadas

PremiumPCP quer mais 45 milhões de euros de impostos sobre imóveis e empresas

Comunistas reclamam aumento da derrama estadual, imposto que recai sobre grandes empresas, e um novo escalão no adicional ao IMI. Querem ainda englobar no IRS rendimentos acima dos 100 mil euros.

Menos de seis meses foram suficientes para vender 85% das casas em Portugal

Investimento efetuado no setor imobiliário já ultrapassou os 70 mil milhões de euros desde 2014. Este valor aproxima-se do pedido de resgate financeiro que foi apresentado por Portugal à troika.
Recomendadas

VIC Properties compra terrenos da Matinha para construir mais de duas mil habitações

Com uma área de aproximadamente 20 hectares, num total de 260 mil metros quadrados previstos de área de construção, a empresa prevê que as obras sejam iniciadas no início de 2020, e os trabalhos realizados ao longo dos anos seguintes.

Estas são as três zonas de melhor investimento no alojamento local em Lisboa

São Sebastião da Pedreira, São José e Santa Justa revelaram o melhor potencial de investimento numa análise da Hostmaker. Em sentido oposto, as zonas de Belém e São Miguel dos Olivais foram consideradas as menos atrativas devido à reduzida ocupação anual e aos preços por noite praticados.

Ocupação do mercado de escritórios em Lisboa aumentou 64% em maio

Em termos homólogos o crescimento foi de 11%, registando um total de 19 operações e uma área média de 940 metros quadrados. A nível trimestral verificaram-se 74 operações e uma área média de 953 metros quadrados.
Comentários