Governo da Madeira anuncia regulamentação para a pesca artesanal

Albuquerque diz também que vai criar uma linha de crédito bonificada para a reparação de embarcações.

Miguel Albuquerque foi à festa do espada preta e levou consigo a bandeira da Madeira para o presidente da Câmara de Lobos, Pedro Coelho, hastear no ilhéu.

O líder do Governo aproveitou o momento para anunciar a criação de regulamentação para a pesca artesanal e para apelar à importância das novas gerações conhecerem as cores da bandeira regional. “Dentro de 4 semanas a bandeira tem de estar ali”, ordenou Albuquerque.

Aos pescadores, o chefe do Executivo madeirense quis falar dos esforços que tem feito para sensibilizar a União Europeia para a necessidade de renovar as frotas pisqueiras da chamada pesca artesanal.

“A União Europeia continua a confundir as grandes frotas pisqueiras com a pesca artesanal, costeira e de pequena dimensão. Eu como não gosto de andar sempre em conversa, vou inscrever  500 mil euros no orçamento para 2019 para iniciar o processo de regulação com ou sem União Europeia”, declarou.

Segundo Albuquerque, a ideia é também criar uma linha de credito bonificada e apoiada pelo Governo para reparação de embarcações.