Governo inicia 2018 com folga de 350 milhões de euros

O Governo não utilizou a maioria da receita da devolução da garantia do BPP em 2017. Para este ano fica, assim, receita extra de mais de 350 milhões de euros, o que deve facilitar o atingir da meta de um défice público de 1%.

Cristina Bernardo

O Governo conseguiu atingir as metas de consolidação orçamental em 2017 sem utilizar a totalidade da receita extra prevista pela devolução da garantia do Banco Privado Português (BPP), transportando assim essa folga para este ano.

Segundo o jornal Público, o Executivo utilizou apenas 73 milhões dessa receita nos primeiros três trimestres de 2017, de um total de 450 milhões de euros. O diário explica que para a restante receita, que deverá superar os 350 milhões de euros, chegar aos cofres do Estado, falta uma autorização do juiz que lidera a insolvência do BPP para completar a transferência.

No Orçamento do Estado para 2018, o Governo prevê cortar o défice público para 1% do Produto Interno Bruto, face aos 1,3% de 2017.

Recomendadas

Manuel Pinho volta à comissão de inquérito de Energia a 20 de dezembro

O antigo governante propôs as datas de 18, 19 e 20 de dezembro e a comissão parlamentar de inquérito às rendas excessivas da energia escolheu a última.

“Bolachas Ronaldo”. Café português no Reino Unido envolto em polémica

Relação das bolachas ao alegado caso de violação que envolve, nos Estados Unidos, o futebolista português Cristiano Ronaldo desencadeou uma série de comentários negativos.

António Costa sobre OE2019: “Reduz défice, dívida e aumenta investimento público”

Primeiro-ministro apresentou o OE2019 aos deputados socialistas e não poupou elogios ao documento: “este Orçamento melhora a vida dos portugueses”.
Comentários