Governo já enviou anteprojeto das Grandes Opções do Plano de 2019

Governo remeteu hoje ao Conselho Económico e Social (CES) o anteprojeto das Grandes Opções do Plano (GOP) de 2019, com vista à obtenção do necessário parecer.

Tiago Petinga/Lusa

O Governo remeteu hoje ao Conselho Económico e Social (CES) o anteprojeto das Grandes Opções do Plano (GOP) de 2019, com vista à obtenção do necessário parecer, anunciou hoje um comunicado do Ministério do Planeamento e das Infraestruturas.

“Este documento apresenta as principais linhas de orientação estratégica para o último ano da legislatura, em estreita articulação com a estratégia de médio prazo preconizada nos seis pilares do Programa Nacional de Reformas: qualificação dos portugueses; promoção da inovação na economia portuguesa; valorização do território; modernização do Estado; redução do endividamento da economia; e reforço da coesão e igualdade social”, esclarece o referido comunicado.

Segundo o Ministério do Planeamento e das Infraestruturas, “as GOP fazem uma síntese dos principais resultados alcançados com a implementação da estratégia definida pelo Governo e apresentam ainda algumas das novas medidas a executar em 2019”.

“Dessa forma, o Governo pretende continuar, em 2019, o desenvolvimento das políticas públicas que têm conduzido o País numa trajetória de crescimento sustentado, baseada na promoção de uma sociedade mais coesa e justa, e garantindo, simultaneamente, a manutenção de finanças públicas sãs e equilibradas. Assim, mantendo uma linha persistente de superação dos bloqueios estruturais enfrentados pelo País, será possível garantir mais crescimento, melhor emprego e maior igualdade”, promete o Governo e o ministério liderado por Pedro Marques.

Recomendadas

Petróleo rendeu ao Estado angolano quase 10 mil milhões de euros em 2018

Angola exportou em todo o ano de 2018 um total de 536.836.904 barris de crude, a uma média de 70,34 dólares por cada barril, contra uma previsão, inscrita no OGE, de 620 milhões de barris e uma estimativa de 50 dólares cada.

Marcelo convida Lagarde para próxima reunião do Conselho de Estado

A convite do Presidente da República, diretora do FMI vem a Portugal discutir as repercussões mundiais do ‘Brexit’.

Parlamento Europeu aprova fundo de 700 mil milhões de euros para investimentos na UE até 2027

Previsto está agora que o InvestEU “mobilize mais de 698 mil milhões de euros de investimentos públicos e privados na UE entre 2021 e 2027, acima dos 650 mil milhões indicados na proposta da Comissão Europeia”, acrescenta o Parlamento Europeu.
Comentários