Governo Regional distribui 5.8 milhões de euros a empresas de transportes

A verba abrange a Empresa de Automóveis do Caniço, a Rodoeste, a Sociedade de Automóveis da Madeira (SAM), e a Companhia dos Carros de São Gonçalo.

O executivo regional, liderado por Miguel Albuquerque, celebrou um contrato com quatro transportadoras para a prestação de serviço público de transporte até 2018.

A Empresa de Automóveis do Caniço vai receber no âmbito deste contrato 481 mil euros, a Rodoeste 1 milhão de euros, a Sociedade de Automóveis da Madeira (SAM) 2.3 milhões de euros, e a Companhia dos Carros de São Gonçalo 1.9 milhões de euros.

A portaria publicada pelo Governo Regional refere que estes valores também incluem a compensação financeira devida por obrigações de serviço público.

Os valores respeitantes ao contrato de prestação de serviço público é distribuído em 2017 e 2018.

Relacionadas

“Os Horários do Funchal vão continuar a ser uma empresa pública”, defende Albuquerque

O governante realçou que é contra a privatização de setores estratégicos e anunciou um aumento de 1,5% nos ordenados dos trabalhadores dos Horários do Funchal e da Empresa de São Gonçalo.

Cafôfo: “A gestão dos Horários do Funchal é do Governo Regional”

Os Horários do Funchal é um dos temas abordados pelo reeleito presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, na entrevista publicada amanhã na edição impressa do Económico Madeira.

Orçamento Regional: executivo diz não à privatização dos transportes, oposição critica regresso ao endividamento

Durante a discussão na generalidade do Orçamento o deputado do CDS-PP, Rui Barreto, diz que é preciso coragem para reestruturar a APRAM e o JPP salienta que o desagravamento fiscal é muito escasso.
Recomendadas

Uaucacau planeia chegar a Lisboa ou Porto até final do ano

A empresa produz chocolates artesanais, com sabores típicos da Madeira, que são obtidos através de produtores regionais.

Estado quer canalizar receita dos impostos do tabaco e das bebidas açucaradas das regiões autónomas para o SNS

A proposta de OE2019 prevê uma alteração ao atual artigo do Código dos Impostos Especiais de Consumo no que se refere ao Artigo 105.º (Taxas nas Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira), aumentando o imposto sobre o tabaco produzido nestas regiões. As receitas serão canalizadas para o SNS. Assim como as das bebidas açucaradas.

‘Bioplatform’: plataforma de agricultura biológica quer chegar ao mercado ibérico

O Bioplatform é uma plataforma comercial quer quer servir como pólo agregador na área da agricultura biológica.
Comentários