Grupo ISQ lança site orientado para utilizador

O desenvolvimento do site constitui o foco estratégico do grupo para 2017. Objetivo: “Tornar a engenharia mais próxima dos portugueses”.

Ler mais

O Grupo ISQ, entidade privada que presta serviços de inspeção, ensaio, formação e consultoria técnica, apresenta o novo site, apostando numa estratégia de aproximação ao cliente à distância de um clique.

A plataforma mobile é adaptada a todo o tipo de formatos de acesso à web: computadores, tablets e smartphones.

O site permite um acesso mais rápido aos principais setores de atuação do Grupo: Administração Pública, Aeronáutica e Aeroespacial, Centros de Investigação, Construção Civil, Comércio e Serviços, Energia, Indústria Automóvel, Indústria de Processo, Outras Indústrias, Particulares, Petróleo e Gás, Saúde e Transportes e Infraestruturas.

“Esta era uma atualização que se impunha, lançar um novo site moderno e sofisticado orientado para o utilizador. Com informação mais acessível, organizada e segmentada, um formato atual e adaptado para todos os tipos de plataforma”, refere Pedro Matias, Presidente do Conselho de Administração do Grupo ISQ.

O objetivo passa por “tornar a engenharia mais visível e mais próxima dos portugueses”, explica.

Para 2017, o grupo pretende desenvolver o site para os “mercados de Brasil e Espanha”, países onde o ISQ está presente há vários anos.

“No ISQ vemos a comunicação como um processo contínuo, essencial e permanente em todas as ações e, por isso, procuramos adoptar estratégias assertivas.”, acrescenta o Presidente, em comunicado.

 

 

 

Recomendadas

Criptomoedas são reconhecidas apenas por 2% das empresas europeias

Empresas portuguesas não aceitam moeda digital como método de pagamento.

Receitas da Bizdirect crescem 18% para 34 milhões de euros

Com uma performance positiva de todas as suas unidades de negócio, as receitas da empresa tecnológica detida pela Sonae IM cresceram 18% nos primeiro semestre de 2018, com os negócios internacionais da empresa a contarem 9% da faturação

Como o ‘machine learning’ utiliza os nossos dados

A forma com os computadores aprendem através dos dados não difere da aprendizagem humana. Com mais dados e maior capacidade computacional, o machine learning consegue auxiliar o ser humano a desempenhar tarefas em pouco tempo. Banca, saúde, gestão de recursos humanos são apenas algumas aplicações.
Comentários